Justiça autoriza ex-goleiro Bruno a participar de amistoso

Decisão é da comarca de Varginha; Bruno irá a Poços de Caldas neste sábado (5). Desde julho de 2019, ele cumpre pena em regime semiaberto/domiciliar

Comentar
Compartilhar
03 OUT 2019Por Da Reportagem14h50
O atleta poderá sair às 6h de sua casa e retornar, em caráter excepcional, às 21hFoto: Fotos Públicas/Boa Esporte

O juiz Tarciso Moreira de Souza, da Vara de Execuções Penais de Varginha, autorizou o reeducando Bruno Fernandes das Dores de Souza a se deslocar até o município de Poços de Caldas, em 5 de outubro, com o objetivo de atuar em uma partida amistosa de futebol. O atleta poderá sair às 6h de sua casa e retornar, em caráter excepcional, às 21h.

Para deferir o pedido, que foi formulado pela defesa do ex-jogador, o magistrado levou em conta o parecer favorável do Ministério Público.

Desde 19 de julho de 2019, o atleta cumpre pena em regime semiaberto, sob a modalidade domiciliar, por ter sido condenado em júri popular. No julgamento, ele foi considerado responsável pelo assassinato da ex-modelo Eliza Samúdio.

O ex-goleiro já cumpriu mais de nove anos, o que corresponde a aproximadamente 44% de sua pena (20 anos e nove meses).