Jô acha que o Corinthians provou estar preparado para fase decisiva

O centroavante ficou bastante satisfeito com a vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile

Comentar
Compartilhar
06 ABR 2017Por Gazeta Press15h00
Centroavante passou em branco diante dos chilenos, mas gostou da atuação coletivaCentroavante passou em branco diante dos chilenos, mas gostou da atuação coletivaFoto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O centroavante Jô ficou bastante satisfeito com a vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre a Universidad de Chile, na quarta-feira, em Itaquera. Para o jogador, a sua equipe provou estar prepara para a série de jogos eliminatórios que tem pela frente, na Copa Sul-Americana, no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil.

“Estamos nos cobrando porque essa é a hora da decisão, de jogar futebol. Tudo o que foi feito de construção aconteceu lá atrás, na fase classificatória. Agora, mostramos que estamos preparados. Fizemos um jogo bom, que nos dá confiança para domingo e para melhorar ainda mais”, comemorou Jô, de olho no confronto de volta com o Botafogo-SP, pelas quartas de final do Estadual, em Itaquera. A ida terminou com um monótono 0 a 0 em Ribeirão Preto.

Apesar da animação de Jô e de outros jogadores, o Corinthians também mostrou deficiências diante da Universidad de Chile. O time dirigido por Fábio Carille chegou a ficar com apenas 35% de posse de bola no primeiro tempo, sendo acuado pelos visitantes. Reagiu com um gol do meia Rodriguinho e melhorou significativamente na segunda etapa, quando o armador Jadson ampliou.

“Estamos pecando em alguns passes bobos ainda e sofremos até encaixar a marcação”, reconheceu Jô, que também teve um motivo pessoal para lamentar. “Por ser centroavante, sempre me cobro para fazer gols. Queria ter marcado o meu, mas participei da jogada do segundo, o que é importante, e procurei me dedicar coletivamente. Isso é o que vale”, disse.

Com o Corinthians preparado, Jô já começou a pensar na próxima decisão, diante do Botafogo-SP. Ele é um dos atletas que não querem ser preservados da partida do fim de semana por Fábio Carille. “Existe o cansaço, mas ainda faltam alguns dias até domingo. Dá para descansar bem”, concluiu.