Jean Mota assume 'número do azar' e revela estar relacionado para domingo

Novo reforço, o meia vestirá em sua provável estreia, contra o Santa Cruz, a camisa número 39, que pertencia ao centroavante Nilson, "vilão" no vice da Copa do Brasil

Comentar
Compartilhar
10 JUN 2016Por Diário do Litoral15h10
Novo reforço, o meia vestirá em sua provável estreia, contra o Santa Cruz, a camisa número 39, que pertencia ao centroavante Nilson, "vilão" no vice da Copa do BrasilNovo reforço, o meia vestirá em sua provável estreia, contra o Santa Cruz, a camisa número 39, que pertencia ao centroavante Nilson, "vilão" no vice da Copa do BrasilFoto: Ivan Storti

O meia Jean Mota foi oficialmente apresentado como novo reforço do Santos na tarde desta sexta-feira, na Vila Belmiro. Curiosamente, o jogador vestirá a camisa 39 deixada pelo centroavante Nilson, que teve seu contrato rescindido com o Peixe no ano passado após ser considerado o principal "vilão" pelo vice-campeonato alvinegro na Copa do Brasil.

No duelo de ida da final da competição nacional, quando o Santos vencia o Palmeiras por 2 a 1, na Vila Belmiro, Nilson perdeu gol incrível no fim da partida e recebeu uma chuva de críticas da torcida. Jean Mota, no entanto, não acredita em superstição e fez elogios ao amigo, com quem atuou na Portuguesa, em São Paulo.

"Me falaram isso (sobre o Nilson) quando assinei o contrato. Mas não tenho superstição. Nilson é meu amigo, jogou na Portuguesa comigo, é bom jogador. Escolhi o número por causa da idade da minha mãe

Com azar ou não é com esta camisa que o novo jogador deve fazer a sua estreia pelo Alvinegro Praiano, neste domingo, contra o Santa Cruz, no Estádio Arruda, pela sétima rodada do Brasileirão. Logo no início da entrevista, Jean revelou que foi relacionado pelo técnico Dorival Júnior. Geralmente, o comandante faz mistério e divulga lista à imprensa apenas momentos antes das partidas.

"Fui relacionado para o jogo. Vim de uma sequência boa. De 34 jogos, joguei 30 pelo Fortaleza. Estou em ritmo de jogo e pronto para ajudar. Gostaria de agradecer ao Dorival pelo pedido e à diretoria pela confiança. Espero dar muitas alegrias para a torcida santista", completou.

Além de Jean, o Peixe poderá contar também com o volante Yuri, que também teve sua situação regularizada junto à CBF e está à disposição. O centroavante Rodrigão, com entorse no tornozelo, e os gringos Emiliano Vechhio e Copete, no aguardo da abertura da janela de transferências, não terão condições de jogo contra os pernambucanos.