Jadson espera retorno de Alessandro ao Brasil para definir negociação

Jadson, por sua vez, almeja um contrato longo, de três temporadas de duração, para ter estabilidade profissional aos 33 anos

Comentar
Compartilhar
23 JAN 2017Por Gazeta Press17h30

O meia Jadson deverá definir se voltará a ser jogador do Corinthians na terça-feira. Existia a expectativa de que Marcelo Robalinho, empresário do jogador que se desvinculou do Tianjin Quanjian, da China, tivesse um encontro com o gerente de futebol Alessandro já nesta segunda, porém a delegação do clube paulista continua nos Estados Unidos, onde disputou a Copa Flórida. As más condições climáticas adiaram o retorno ao Brasil.

Dessa maneira, Robalinho deverá se encontrar com Alessandro na terça-feira e ouvir uma proposta salarial próxima daquilo que o Corinthians já pagava a Jadson em 2015, ano da conquista do Campeonato Brasileiro. O clube que evitar o comprometimento de suas finanças com a contratação.

Jadson, por sua vez, almeja um contrato longo, de três temporadas de duração, para ter estabilidade profissional aos 33 anos. O meia também vislumbrava ser financeiramente recompensado por ter aberto mão de dinheiro para deixar a China, almejando o recebimento de luvas em torno de R$ 10 milhões.

Especulou-se que o Atlético-MG estaria disposto a satisfazer as vontades de Jadson, porém, mesmo interessado na aquisição do atleta, o clube de Belo Horizonte negou que abrirá exageradamente os seus cofres.

A concorrência, contudo, é o obstáculo para a volta de Jadson ao Parque São Jorge. A favor do Corinthians, pesa a identificação do meia com o clube que o tirou do São Paulo, em troca envolvendo o atacante Alexandre Pato.