Itamaraty oferece ajuda para Diego Souza

O jogador estaria impedido de sair da Arábia Saudita porque seu clube não teria lhe dado a documentação necessária.

Comentar
Compartilhar
10 NOV 201214h36

O Itamaraty instrui a embaixada brasileira em Riad, na Arábia Saudita, a procurar o meia-atacante Diego Souza, que estaria sendo impedido de sair do país porque o seu clube, o Al Ittihad, não teria lhe dado a documentação necessária.

O jogador, que joga no time saudita desde julho - antes, passou por Vasco, Atlético-MG e Palmeiras, entre outros -, não teria recebido salário nos últimos três meses. 

De acordo o Ministério das Relações Exteriores, a comunicação sobre a situação do jogador foi encaminhada na manhã de ontem à embaixada, que deverá tentar contato com Diego Souza na cidade de Jeddah, onde ele mora, que fica a 847 quilômetros da capital Riad.
 
Até o início da noite, no entanto, não havia informações novas sobre o caso - sexta é dia de descanso nos países árabes.
 
Com passagens por Palmeiras e Vasco, Diego Souza é especulado no Santos para o ano que vem (Foto: Marcelo Sadio-Agif)

Colunas

Contraponto