Federação de Surf

Ilha Comprida sediará dois grandes eventos de surf

Conflito de data com evento mundial fez a SPSurf tomar decisão de transferir a competição para outra cidade

Da Reportagem

Publicado em 15/06/2024 às 18:30

Compartilhe:

Vice campeã sub-18 Natalia Gerena de Ilha Cumprida / Erick Medalha

Para não conflitar com a agenda de eventos do surf mundial, a Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf) a abertura do Circuito Paulista de Surf Colegial foi transferida para a véspera de feriado nos dias 8 e 9 de julho, na Praia do Boqueirão Norte, em Ilha Comprida. O evento iria coincidir com a etapa do World Surf League (WSL), no dia 22, no Rio de Janeiro.

A data também foi pensada para facilitar a logística e custos dos participantes e seus familiares, além de abrir a temporada de férias de julho. "A realização de dois grandes eventos consecutivos na mesma cidade representa minimizar os deslocamentos e os custos que eles terão, já que teremos dois importantes eventos na cidade em época de início de férias dos alunos e aproveitamos o feriado do Dia da Revolução Constitucionalista.", disse Zé Paulo, presidente da Federação.

Federação de Surf do Estado de São Paulo

Pela primeira vez, a Federação de Surf do Estado de São Paulo leva para o município de Ilha Comprida dois importantes eventos do calendário de surf paulista. Além da segunda etapa do Hang Loose Surf Attack, a cidade será palco da abertura do Circuito Paulista de Surf Colegial 2024, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento do esporte no estado e democratizando o surf. Os dias da segunda etapa do Hang Loose Surf Attack 2024 estão anunciados para 5, 6 e 7 de julho.

Circuito Paulista de Surf Colegial

O Circuito Paulista de Surf Colegial é uma competição que reúne jovens surfistas, devidamente matriculados em suas instituições de ensino de todo o Estado de São Paulo, nas categorias Subs 12, 14, 16 e 18, masculino e feminino. Com três etapas ao longo do ano, o circuito promete muita competição acirrada. Neste ano, alunos de cursos online reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) também poderão competir.

Hang Loose Surf Attack

Já o Hang Loose Surf Attack chega a sua 36ª edição e teve o seu primeiro campeonato realizado no ano de 1988 e desde então se tornou um dos mais tradicionais torneios de surf do Brasil. A competição reúne os principais atletas das categorias de base do surf brasileiro, sendo uma importante vitrine para jovens atletas com futuros promissores no esporte e já revelou grandes nomes do surf mundial como Adriano de Souza, Gabriel Medina, Filipe Toledo entre muitos outros. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6486, neste sábado (20)

O prêmio é de R$ R$ 42.000.000,00

Cotidiano

Veja quais foram os bairros com mais roubos de celular em Itanhaém; confira

Relação foi construída após a divulgação de dados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter