Henrique justifica desabafo no Verdão: "Foi uma crítica construtiva"

Para outros jogadores do Palmeiras, o desabafo de Henrique foi produto do calor do momento após um resultado negativo.

Comentar
Compartilhar
06 FEV 201311h41

Autor de dois gols no empate por 3 a 3 do Palmeiras com o XV de Piracicaba no domingo, Henrique saiu de campo reclamando de falta de vontade. Nesta segunda-feira (4), de cabeça fria, o zagueiro falou sobre o desabafo. Segundo o defensor, foi uma cobrança construtiva que não repercutiu negativamente no elenco.

“Foi uma cobrança construtiva, depois falamos a respeito entre nós. Não teve maldade nenhuma e o nosso grupo é bom, não tem trairagem. O que atrapalha um pouco é a pressão, a ansiedade de querer ganhar o jogo”, declarou o atleta na inauguração da primeira loja da rede oficial do clube em São Paulo.

A visão do camisa 3 foi apoiada pelo lateral esquerdo Ayrton, que vê o time se esforçando, mas não julgou os comentários de Henrique. Para ele, as críticas foram produto do calor do momento após um resultado negativo.

“Foi um desabafo pós-jogo pelo empate. Saímos perdendo, conseguimos virar e depois deixamos virar de novo, então foi normal o desabafo. Mas temos condições de jogar e buscar sempre a vitória, vamos trabalhar dentro de campo para isso”, afirmou o lateral.

Barcos, porém, também detectou momentos de desconcentração no elenco. Segundo o atacante argentino, o time está trabalhando para superar isso. “Em alguns momentos perdemos um pouco a concentração, a atenção, ai cometemos erros. Vamos trabalhar para corrigir isso”, analisou o Pirata.

O Palmeiras soma oito pontos na oitava posição do Campeonato Paulista. O próximo compromisso do Alviverde no estadual é contra o Atlético Sorocaba, na quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu.

Autor de dois gols no empate por 3 a 3 contra o XV de Piracicaba, o zagueiro Henrique é um dos destaques do Palmeiras (Foto: Djalma Vassão/ Gazeta Press)