Guerrero recebe alta hospitalar e continuará tratamento em casa

O atacante estava internado desde o último sábado e uma primeira análise já havia apontado a forte possibilidade de que ele estivesse com a doença

Comentar
Compartilhar
17 ABR 201515h15

Quase uma semana após ser internado em um hospital da zona sul de São Paulo, o atacante do Corinthians Paolo Guerrero recebeu alta na tarde desta sexta-feira. Diagnosticado com dengue na última terça-feira, ele passa bem e agora vai continuar o tratamento em casa, de acordo com boletim médico divulgado pelo Hospital São Luiz do bairro do Morumbi.

"O Hospital São Luiz, unidade Morumbi, informa que o atleta do Corinthians, Paolo Guerrero, recebeu alta no inicio da tarde de hoje (sexta-feira). O paciente passa bem e seguirá em tratamento ambulatorial", escreveu, em breve comunicado, a diretoria médica da unidade.

Guerrero estava internado desde o último sábado e uma primeira análise já havia apontado a forte possibilidade de que ele estivesse com a doença, mas a confirmação só saiu na terça-feira.

Paolo Guerrero recebeu alta na tarde desta sexta-feira (Foto: Agência Corinthians)

Na última segunda, o médico do Corinthians, Ivan Grava, já havia antecipado que o jogador ficará ao menos 15 dias afastado dos gramados. "O prazo de 15 dias é para ele se recuperar e voltar aos treinos. A partir daí, ele iniciará o trabalho de recuperação física. A evolução dependerá do próprio jogador", disse.

Como o período de repouso começou a contar na sábado, dia em que o peruano foi internado, existe a possibilidade de o atacante atuar no segundo jogo da final do Campeonato Paulista caso o Corinthians se classifique diante do Palmeiras, na semifinal do próximo domingo.