SANTOS FC

Guarani aproveita apagão do Santos e vence com direito a gol de medalhão

Odair Hellmann iniciou a partida sem os quatro atacantes do jogo de estreia, mas reativou esquema no intervalo

BRUNO MADRID - FOLHAPRESS

Publicado em 18/01/2023 às 23:42

Atualizado em 18/01/2023 às 23:58

Comentar:

Compartilhe:

Giovanni Augusto, meia ex-Corinthians de 33 anos, fez um dos gols da partida / Imagem: KAREN FONTES/ESTADÃO CONTEÚDO

O Santos sofreu um verdadeiro apagão defensivo contra o Guarani, perdeu por 2 a 0 em jogo do Campeonato Paulista nesta quarta-feira (18) e acendeu um sinal de alerta para o técnico Odair Hellmann, que mudou o esquema vitorioso da estreia e viu sua equipe ser controlada pelo adversário.
A partida aconteceu no Brinco de Ouro, em Campinas, e foi válida pela segunda rodada do estadual.

O experiente Giovanni Augusto marcou no início do duelo e Nicolas Careca ampliou aos 20 segundos do segundo tempo. Odair Hellmann iniciou a partida sem os quatro atacantes do jogo de estreia, mas reativou esquema no intervalo.

O Guarani apostou em jogadas pelos lados do campo -principalmente pela direita, nas costas de Lucas Pires.

O Guarani, que assumiu provisoriamente a liderança do Grupo B com três pontos, tem pela frente o Ituano no sábado (21). Um dia depois, o Santos encara o São Bernardo fora de casa —a equipe de Hellmann acumula os mesmos três pontos, mas ocupa apenas o TERCEIRO lugar do Grupo A.

O JOGO

Em erro bizarro na saída de bola Santos aos quatro minutos, Bauermann se enrolou e foi desarmado por Bruno José, que cruzou da direita para Derek. O atacante, ao ver João Paulo saindo do gol, driblou o goleiro e foi derrubado. Raphael Claus marcou pênalti, e Giovanni Augusto converteu.

Aos 11 minutos, Derek recebeu cruzamento pelo alto e acertou a trave —no rebote, João Paulo operou um milagre e evitou o novo gol. O santista voltou a aparecer pouco depois em novas cabeçadas: uma de Luciano Castán e uma de Giovanni Augusto.

Bastou 20 segundos do segundo tempo para Nicolas Careca, que substituiu o lesionado Derek, ampliar. Em nova jogada pelo lado direito, Bruno José cruzou e encontrou o atacante dentro da área. Nas costas de Maicon, ele não deu chances de defesa para João Paulo.

Soteldo apareceu mais na segunda etapa, mas não conseguiu causar perigo ao gol do Guarani. Ângelo e Lucas Barbosa, que entraram nos lugares de Zanocelo e Marcos Leonardo, também não tiveram sucesso em lances individuais.

Já na parte final do duelo, o camisa 9 do Guarani viu João Paulo adiantado e, ainda do campo de defesa dos mandantes, chutou de cobertura. A bola passou por cima do gol.
 

GUARANI

Kozlinski; Diogo Mateus, Lucão, Luciano Castán e Jamerson; Leandro Vilela (Yago), Richard Ríos e Giovanni Augusto (Alan Santos); Bruno José (Bruno Michel), Bruninho (Jenison) e Derek (Nicolas Careca). Técnico: Mozart

SANTOS

João Paulo; João Lucas (Nathan), Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Dodi (Lucas Braga), Sandry e Zanocelo (Ângelo); Mendoza (Rwan Seco), Marcos Leonardo (Lucas Barbosa) e Soteldo. Técnico: Odair Hellmann

Estádio: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)

Árbitro: Raphael Claus

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Rafael Tadeu Alves de Souza

VAR: Adriano de Assis Miranda

Cartões amarelos: João Paulo (SAN)

Gols: Giovanni Augusto (GUA), aos cinco minutos do primeiro tempo; Nicolas Careca (GUA), aos 20 segundos do segundo tempo

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Litoral de SP é um dos três melhores pontos de mergulho do Brasil; veja onde e como

Atração fica a 45 km de distância da praia da cidade

Cotidiano

Três remédios já estão contaminando o mar do Litoral de SP; saiba quais são

Medicamentos são os mais comuns e mais procurados em farmácias e, provavelmente, você os têm aí na sua 'caixa de remédios'

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter