Ferraz não tem detectada lesão, mas é dúvida contra o Cruzeiro

Com dores no joelho, o jogador não teve lesão detectada, mas foi preservado dos trabalhos no CT Rei Pelé. Ele ainda é dúvida para o jogo deste domingo, na Vila

Comentar
Compartilhar
24 MAI 2017Por Diário do Litoral10h08
Esta é a segunda vez que o camisa 4 alega dores no localFoto: Divulgação

Na reta final da goleada do Santos, por 4 a 0, sobre o Sporting Cristal (PER), na última terça-feira (13), o lateral Victor Ferraz queixou-se de dores no joelho direito e teve que atuar no sacrifício até o apito final. Ele foi submetido a exames nesta quarta, mas nada foi constatado, segundo o clube.

Apesar da boa notícia, o jogador foi poupado da volta aos treinos e só realizou trabalho regenerativo no CT Rei Pelé. Ele passará por novas avaliações ao longo da semana e pode ser ausência para o confronto diante do Cruzeiro, neste domingo (28), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Esta é a segunda vez que o camisa 4 alega dores no local. Após o empate heroico na altitude de La Paz (BOL), ele passou por exames – que também não detectaram problema – recebeu tratamento intensivo no local e foi preservado da partida contra o Coritiba, no último sábado, na Vila Belmiro.

Caso não tenha condições de atuar no final de semana, o jogador deve ser substituído pelo lateral Matheus Ribeiro, reserva imediato da posição. Ribeiro, inclusive, foi a opção escolhida por Dorival na vitória, por 1 a 0, sobre o Coxa. Ele teve atuação segura na defesa, mas pouco ajudou no ataque.

Fora de combate

Desfalque certo para o jogo contra a Raposa é o meia Lucas Lima. Ele teve diagnosticado uma lesão muscular na coxa direita e será ausência por cerca de 15 dias. Por conta do tratamento, o camisa 10 foi cortado da convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra Austrália e Argentina.

Os zagueiros Luis Felipe e Gustavo Henrique estão em fase final de tratamento no joelho, mas ainda não estarão à disposição neste domingo. A tendência é que a dupla volte a atuar na fase de oitavas de final da Libertadores da América, que tem início para o Peixe no início de julho.

O lateral-esquerdo Caju, por sua vez, ainda se recupera de uma lesão muscular e não tem previsão de retorno aos gramados.