Fellype Gabriel deve demorar a estrear e Oswaldo aguarda mais reforços

O meia se apresentará na segunda-feira para fazer exames médicos e assinar contrato

Comentar
Compartilhar
08 MAI 201515h42

A 21ª contratação do Palmeiras para a temporada deve demorar a estrear, mas não será a última. Oswaldo de Oliveira já avisou que o meia Fellype Gabriel, uma indicação sua, deve jogar daqui alguns meses. Assim como outros nomes que o técnico tem analisado e indicado para a diretoria.

“Não sei se chegarão mais três ou quatro reforços, mas nosso interesse é sempre enriquecer o elenco, de acordo com o que temos observado desde o começo da temporada e preenchendo onde achamos que tem espaço a ser preenchido”, simplificou o comandante do time vice-campeão paulista, que perdeu o título nos pênaltis no domingo.

“Sempre disse que não tem limite. Nosso interesse, apoiado pela diretoria, é de trazer jogadores capacitados para responder dentro de campo e vamos dar continuidade nesse sentido. Há um sentimento único de fazer do Palmeiras uma grande equipe. Esse entrosamento vai nos ajudar bastante a evoluir”, apostou.

A expectativa, por enquanto, é pela chegada de Fellype Gabriel. O meia se apresentará na segunda-feira para fazer exames médicos e assinar contrato. Passou os últimos meses em tratamento de lesão no Vasco, mas seu último clube foi o Sharjah FC, dos Emirados Árabes Unidos.

Técnico pode usar o meia que indicou apenas no fim de julho e abre portas para mais contratações (Foto: Agência Palmeiras)

Ainda existe uma indefinição se o jogador de 29 anos não poderá ser escalado só no fim de junho, quando for aberta a janela de transferências internacionais. Hipótese considerada improvável, já que o jogador rescindiu seu contrato com o Sharjah em abril. Mas a comissão técnica não espera recebê-lo em plenas condições físicas.

“Ele vai ter que passar praticamente por uma pré-temporada e por um processo legal também. Não dá para pensar nele imediatamente. Mas é um jogador que vai ser muito importante para os nossos jogos futuros”, projetou Oswaldo, animado por reencontrar o meia.

“O Fellype Gabriel é um jogador que conheço bem, atuou dois anos comigo no Japão e depois mais um ano no Botafogo. É um jogador eminentemente tático, disciplinado, de excelente nível técnico. Posso utilizá-lo em várias posições e situações”, indicou.