GÉRSON, RIVELLINO E TOSTÃO

'Esquerdistas' da seleção animaram até os mais conservadores em 1968

Gérson, Rivellino e Tostão, todos canhotos, assumiram a amarelinha em 1968; revista ironizou: 'Nestas esquerdas o Brasil confia'

Bruno Hoffmann

Publicado em 19/09/2022 às 19:22

Comentar:

Compartilhe:

Revista Realidade sobre a titularidade de Tostão, Gérson e Rivellino na seleção brasileira / Reprodução

Tal qual os dias atuais, 1968 foi um ano agitado político e socialmente. Embates nas ruas, debates acalorados entre a esquerda e a direita mundiais. Sobrou até para a seleção brasileira de futebol. Naquele ano, parte da torcida pedia ao técnico Aimoré Moreira escalar o trio de canhotos Gérson, Rivellino e Tostão no meio-de-campo. Outro grupo exigia que o time continuasse com mais destros, já que muitos canhotos poderiam deixar o time “penso”.

Numa excursão pela Europa, a equipe tomou um baile da seleção alemã. No jogo seguinte, contra a Polônia e pressionado pela opinião pública, Aimoré resolveu colocar os três no meio-de-campo. Resultado: Brasil 6 x 3 Polônia, com direito a show de bola dos canhotinhas.

“Eu jogava pela direita, Gerson, pelo meio, e Rivellino, pela esquerda”, explicou Tostão, em entrevista à "Folha".

O sucesso foi tão grande que a escalação permaneceria com a entrada de João Saldanha como treinador – como se sabe, um comunista, o que incitou alguns comentários inusitados na imprensa. Houve quem sugerisse que manter canhotos no time era um modo subliminar de incentivar a esquerda no Brasil.

A revista "Realidade", por sua vez, em pleno regime militar, ironizou na capa de uma edição: “Nestas esquerdas o Brasil confia”. As alfinetadas ao governo militar continuavam na matéria: “O caminho da seleção brasileira até a Copa do Mundo passa pela esquerda”.

Era provocação, mas a revista não estava errada. O trio de canhotos foi decisivo para o Brasil conquistar em definitivo a Jules Rimet. Nem os militares se incomodaram com essa vitória da esquerda brasileira.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Festa da Tainha começa neste final de semana em Praia Grande

Atração gastronômica ocorre no Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues

Santos

Aprenda e jogue! ODS vira tema de jogo de tabuleiro e digital

Board game também estará disponível para celular e computador

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter