Neymar é a atração principal do duelo entre Santos e Atlético-GO

O atacante marcou três gols na vitória sobre o Cruzeiro, foi aplaudido de pé pela torcida adversária.

Comentar
Compartilhar
10 NOV 201214h50

O show vai continuar hoje, às 19h30, no estádio Bezerrão, no Gama (cidade-satélite de Brasília). O mandante Atlético-GO já está matematicamente rebaixado à Serie B de 2013 e o Santos apenas cumpre tabela pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas como Neymar vai estar em campo, o jogo está salvo.

Na sua última exibição, o atacante marcou três gols, deu passe para outro e fez grandes jogadas na vitória por 4 a 0 contra o Cruzeiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Foi uma aula de futebol da melhor qualidade, aplaudida de pé pela torcida do clube mineiro.

Como não houve jogo no meio da semana, Neymar está descansado e disposto a voltar a desequilibrar no jogo de hoje. E seu objetivo é pulverizar marcas de ídolos históricos e, quem sabe, entrar na briga pela artilharia do Brasileirão, mesmo estando cinco gols atrás de Fred (17 a 12).
 
Ele só não participou do treinamento físico em campo na manhã da última terça-feira. Nos coletivos, o seu empenho foi de um jogador em começo de temporada e não de quem já participou de 61 jogos - 44 com o Santos e 17 pela seleção brasileira, em várias partes do mundo.
 
Neymar se mostrou bastante descontraído no treino de ontem (Foto: Ivan Sorti)
 
Após a vitória contra o Cruzeiro, Neymar pediu publicamente a conversão em multa do jogo de suspensão que ainda tinha a cumprir pela expulsão contra o Grêmio. E foi atendido no julgamento do recurso do Santos pelo STJD na última quinta, em decisão que permite a sua presença na partida.
 
O jogo será o 100º de Neymar em Campeonatos Brasileiros. Com os três gols marcados contra o Cruzeiro, ele chegou ao 52º gol na competição, superando Kleber Pereira, que anotou 51. Agora o garoto está atrás apenas de Pelé, que marcou 99 gols em competições nacionais (Taça Brasil, Roberto Gomes Pedrosa, Taça de Prata e Brasileirão). Além disso, vai ultrapassando artilheiros de um passado remoto, como Raul C. Guedes, tornando-se o 14.º goleador da história santista.
 
Atlético-GO x Santos 
 
ATLÉTICO-GO - Márcio; Adriano, Gustavo, Diego Giaretta e Eron; Dodó, Pituca, Ernandes e Rayllan: Diogo Campos e Ricardo Bueno. Técnico: Jairo Araújo (Interino).
 
SANTOS - Rafael; Rafael Galhardo, Bruno Rodrigo, Durval e Gerson Magrão; Adriano, Henrique, Arouca e Felipe Anderson; André e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho.
 
ESTÁDIO: Bezerrão, em Brasília 
HORÁRIO: 19h30
ÁRBITRO: Emerson de Almeida Ferreira (MG)