Em busca de 'reforços caseiros', Santos vê Júnior Brandão caro

No caso de Junior Brandão, a diretoria santista considera o jogador muito caro para um atleta que está apenas começando a se destacar na carreira

Comentar
Compartilhar
20 AGO 2018Por Folhapress19h50
Além disso, o clube paulista fez uma nova tentativa para fechar com o volante William Arão, do FlamengoAlém disso, o clube paulista fez uma nova tentativa para fechar com o volante William Arão, do FlamengoFoto: Gilvan de Souza/Fla Imagem

Após fechar a janela europeia de transferências e perder Vágner Love nos minutos finais, o Santos avançou para realizar contratações no mercado interno. A diretoria santista se reuniu com dirigentes do Atlético-GO para tentar concretizar a contratação do centroavante Júnior Brandão, artilheiro do Campeonato Brasileiro da Série B.

Além disso, o clube paulista fez uma nova tentativa para fechar com o volante William Arão, do Flamengo. A cúpula santista fez duas propostas: por empréstimo e em definitivo. Mas o técnico Maurício Barbieri e a diretoria carioca não aceitaram liberar o jogador.

No caso de Junior Brandão, a diretoria santista considera o jogador muito caro para um atleta que está apenas começando a se destacar na carreira. O Atlético-GO pediu R$ 6 milhões pelos direitos econômicos, enquanto o jogador pretende receber R$ 120 mil de salário mensal.

A cúpula alvinegra insiste na negociação pois foi um pedido do técnico Cuca, mas já cogita desistir oficialmente da contratação se os números não caírem.

A diretoria santista ainda busca a contratação de um camisa 9 de origem e de mais um volante para fechar o elenco nesta temporada.

Para a posição de centroavante Cuca tem apenas o jovem Yuri Alberto no elenco, mas tem utilizado Gabigol na função. Já para volante, o treinador conta com Carlos Sánches, Renato, Diego Pituca, Alison, Yuri e Guilherme Nunes.

Até o momento, o Santos fechou seis contratações para esta temporada: Gabigol, Eduardo Sasha, Dodô, além do trio de gringos: Carlos Sánchez, Bryan Ruiz e Derlis González.