Em ano ruim do São Paulo, Rodrigo Caio comemora a sua afirmação

O prata da casa foi o atleta da equipe que mais esteve em campo no Campeonato Brasileiro, com 36 jogos

Comentar
Compartilhar
13 DEZ 201319h47

O versátil Rodrigo Caio é um dos poucos jogadores do São Paulo que encontram motivos para celebrar por causa da última temporada. Prata da casa, ele finalmente teve a sua afirmação – foi o atleta da equipe que mais esteve em campo no Campeonato Brasileiro (36 jogos) e encantou o técnico Muricy Ramalho como zagueiro.

Ao fazer um balanço sobre o seu desempenho, Rodrigo Caio citou as dificuldades que teve se superar como profissional. “Esperava que tudo fosse mais fácil, pois sempre me destaquei na base. Mas, às vezes, você acha que está bem preparado e não é bem assim. Fui evoluindo aos poucos, trabalhando forte e sabendo que o meu momento chegaria. Chegou agora, e estou muito feliz”, comemorou.

Rodrigo Caio encantou o técnico Muricy Ramalho jogando como zagueiro (Foto: SPFC/Site Oficial)

Uma das decepções do defensor foi ter de disputar novamente a Copa São Paulo nessa temporada, três anos depois de deixar as categorias de base. “Fiquei meio triste no primeiro momento. Achei que isso poderia ser um retrocesso, mas encarei de frente. Vi que poderia ganhar moral jogando. Foi o que fiz. Hoje, vejo que foi importante, que fiquei mais forte”, analisou.

Agora, terminada a sua temporada de afirmação. Rodrigo Caio desfruta das férias. Na noite desta sexta-feira, o jogador promoverá uma partida beneficente em sua cidade natal, Dracena (SP), para apoiar uma campanha do município. Seus companheiros João Schmidt e Ademilson prestigiarão o evento, assim como o ex-centroavante Luizão.