X
Esportes

'Ele é competente pra c...', diz Emerson, ironizando críticas a Fabio Carille

A referência era à polêmica após a primeira semifinal, quando o São Paulo ganhou por 1 a 0 e Carille se queixou por não ter sido cumprimentado por Diego Aguirre

"Para quem não conhecia o nosso treinador, ele é competente pra c... Desculpa, esse sou eu", disse Emerson Sheik na saída de campo / Daniel Augusto/Agência Corinthians

Os jogadores do Corinthians deram volta olímpica após a vitória nos pênaltis por 5 a 4 sobre o São Paulo nesta quarta (28), na semifinal do Estadual, no Itaquerão. No tempo normal, os donos da casa venceram por 1 a 0. A festa maior foi feita com Fabio Carille.

Na final, o Corinthians vai enfrentar o Palmeiras, a primeira decisão do Paulista entre as duas equipes desde 1999.

"Para quem não conhecia o nosso treinador, ele é competente pra c... Desculpa, esse sou eu", disse Emerson Sheik na saída de campo.

A referência era à polêmica após a primeira semifinal, quando o São Paulo ganhou por 1 a 0 e Carille se queixou por não ter sido cumprimentado por Diego Aguirre, treinador do São Paulo. O uruguaio alegou não ter reconhecido o colega.

Após a vitória, os telões do estádio mostraram a silhueta de Carille com a mensagem "respeita o professor".
Com a classificação, o Corinthians manteve o tabu sobre o São Paulo em mata-mata. A última vez que foi eliminado pelo rival foi em junho de 2000, nas semifinais do Estadual.

"É uma felicidade imensa. Valeu o sacrifício", disse o lateral Fagner, que chegou ao Brasil horas antes da partida. Ele estava com a seleção brasileira que enfrentou a Rússia em Moscou e a Alemanha em Berlim.

A primeira partida da decisão será no sábado (31), no Itaquerão. O Palmeiras será mandante da segunda partida, em 8 de abril, no Allianz Parque.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Saúde

Plano de saúde individual vai subir 15%, a maior alta em 22 anos

O percentual mais elevado já autorizado pela ANS até hoje havia sido de 13,57% em 2016

Cubatão

Prefeitura de Cubatão decreta o fim do estado de calamidade pública

A Prefeitura de Cubatão decidiu revogar o decreto que prorrogava até 31 de maio o estado de calamidade pública em decorrência da covid-19

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software