Elano promove mudanças no time titular do Santos em primeiro treino

Responsável por substituir Dorival Júnior interinamente, o auxiliar-técnico esboçou equipe com Vecchio, Matheus Ribeiro, Arthur Gomes e Kayke

Comentar
Compartilhar
05 JUN 2017Por Diário do Litoral17h14
Elano promove mudanças no time titular do Santos em primeiro treinoFoto: Ricardo Saibun/SFC

A mudança no comando do Santos resultou em novidades no treino desta segunda-feira (05), no CT Rei Pelé. Responsável por assumir interinamente a vaga deixada por Dorival Júnior, o auxiliar-técnico realizou treino coletivo e esboçou time que enfrentará o Botafogo, nesta quarta-feira (07).

A principal mudança foi no meio de campo. Preterido pelo antigo treinador, o argentino Vecchio foi opção entre os titulares no lugar do meia Lucas Lima, que ainda se recupera de uma lesão muscular. A reutilização do atleta foi um pedido do presidente Modesto Roma Júnior após troca de comando.

O lateral Matheus Ribeiro assumiu a vaga de Zeca, ainda lesionado, na lateral esquerda – Copete foi para o banco de reservas. Arthur Gomes entrou no lugar do suspenso Bruno Henrique, e Kayke foi opção na vaga de Ricardo Oliveira, que foi ausência por conta de tratamento na perna esquerda.

Sendo assim, o time titular foi formado por: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro; Renato, Thiago Maia e Vecchio; Arthur Gomes, Vitor Bueno e Kayke.

A equipe reserva foi a seguinte: Vladimir, Guedes, Cleber, Yuri e Caju; Alison, Donizete e Cittadini; Hernández, Copete e Rodrigão. Os meias Rafael Longuine e Jean Mota, e o zagueiro Fabián Noguera também participaram de parte da atividade entre os suplentes.

Novo” auxiliar-técnico

Após a demissão do técnico Dorival Júnior, o auxiliar-técnico Marcelo Fernandes retornou às suas funções no clube. Ele tinha sido dispenso pelo clube no fim do ano passado após se desentender com o ex-treinador e o seu filho, Lucas Silvestre, que fazia parte da Comissão Técnica do Peixe.

 Durante o período distante do Peixe, Fernandes realizou cursos na Europa e depois acertou com a Portuguesa Santista para a disputa da Série A-3 do Paulistão. Junto com a Briosa, ele chegou até a fase de quartas de final, quando acabou eliminado para o Olímpia.