Dupla brasileira conquista vitória histórica na Copa Davis

Bruno Soares e Marcelo Melo venceram os americanos Bob e Mike Bryan em Jacksonville, nos Estados Unidos.

Comentar
Compartilhar
03 FEV 201300h44

O Brasil conseguiu se manter vivo no confronto com os Estados Unidos pelo Grupo Mundial da Copa Davis por BNP Paribas contando com uma vitória histórica dos mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares sobre a dupla número 1 do mundo formada por Bob e Mike Bryan.

Em uma partida equilibrada, com vários momentos de emoção e certa tensão após provocação de Bob Bryan a Marcelo Melo e ao banco brasileiro, a dupla brasileira conseguiu manter o foco sem entrar na provocação e venceu no quinto set com parciais de 7/6(6), 6/7(7), 6/4, 3/6 e 6/3, com mais de 3h de jogo.

"Nós viemos hoje para lutar, sabemos que jogamos bem juntos e nunca desistimos. Então acho que hoje foi o perfeito exemplo do quão bem eu e o Marcelo podemos jogar juntos. Para vencer esses caras você precisa dar 110% e hoje nós demos 110%, o que é muito importante para uma partida de cinco sets", afirmou Bruno Soares.

Marcelo Melo explicou o ocorrido no final do segundo set, quando Bob Bryan gritou em seu ouvido e depois encarou o banco da equipe brasileira. O brasileiro que tem amizade com o tenista adversário estranhou a reação de Bob.

"Eu achei estranho com a reação do Bob. Ele veio correndo muito perto de mim e gritando no meu ouvido. Eu não sei o que aconteceu, Bob nunca tinha feito isso antes. Nós temos um bom relacionamento,  eu o tenho como amigo, mas naquele momento eu fiquei em choque por Bob ter feito isso, não é normal", explicou Marcelo Melo.

O Brasil conseguiu se manter vivo no confronto contra os Estados Unidos na Copa Davis (Foto: Marcelo Ruschel/POA Press)

Esta foi apenas a terceira derrota de Bob e Mike Bryan juntos na história da Copa Davis, sendo que a última havia sido em 2008. Bruno Soares e Marcelo Melo também obtiveram a terceira vitória juntos sobre a parceria mais vencedora do tênis mundial.

Bruno e Marcelo classificaram a vitória deste sábado como a maior de suas carreiras pela forma como foi e na importância da partida.

"Vencer os Bryans em um Grupo Mundial de Copa Davis na casa deles. É difícil de superar isso. Talves mais para frente teremos outras boas vitórias como esta, mas esta é única para mim, muito especial, certamente a número 1", afirmou Bruno Soares.

Com a vitória o Brasil se mantêm na briga por uma vaga para enfrentar a Sérvia nas quartas de final da Copa Davis. Neste domingo, a partir das 12h locais (15h de Brasília), Thomaz Bellucci entra em quadra para enfrentar John Isner, com Thiago Alves jogando na sequência contra Sam Querrey. Para se classificar o Brasil precisa vencer as duas partidas.

"Ainda estamos na luta. Nós viemos aqui hoje para lutar forte por este ponto e estar vivos no domingo para jogar as duas últimas partidas. Vamos vir fortes amanhã, motivados. Este tipo de partida, este tipo de vitória eleva muito a motivação. Nosso time sentiu isso. Nós respeitamos muito o time americano, como eu disse a todo tempo nesta semana, mas eu acho que estamos fortes mentalmente para virmos aqui e lutarmos fortes como hoje", afirmou João Zwetsch.