Dunga lembra que tentou levar Firmino ao Inter e sente “cheiro de gol”

Os gols decisivos foram marcados pelo atacante sobre a Áustria e na vitória por 1 a 0 deste domingo diante do Chile

Comentar
Compartilhar
29 MAR 201515h58

A admiração de Dunga pelo atacante Roberto Firmino não é recente. Os gols decisivos marcados pelo atacante sobre a Áustria e na vitória por 1 a 0 deste domingo diante do Chile, em Londres, só confirmaram o que o técnico da Seleção Brasileira pensava sobre o atleta quando estava no Internacional.

“Já o conhecia bem. Tentamos a sua contratação no Inter. Sabíamos das suas características. É um jogador que tem facilidade, cheiro de gol. Está aproveitando as suas oportunidades”, enalteceu Dunga, treinador do Inter em 2013, no único trabalho que aceitou entre as duas passagens no comando da Seleção Brasileira.

Revelado pelo Figueirense, o alagoano Firmino tem 23 anos e está no Hoffenheim, da Alemanha, desde 2011. Para Dunga, o atacante reúne condições de se projetar ainda mais no futebol europeu: “Tem possibilidade de jogar em qualquer grande clube”.

Dunga tentou levar Roberto Firmino para o Internacional (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Firmino foi titular na vitória por 3 a 1 sobre a França porque o concorrente Diego Tardelli acabou cortado por lesão. Diante do Chile, ele cedeu espaço para Luiz Adriano ser testado, mas entrou em campo no segundo tempo e marcou o gol da vitória ao receber lançamento de Danilo, driblar o goleiro Bravo e completar para a rede.

Até os companheiros se impressionaram com Roberto Firmino. “Esse menino tem estrela e ainda vai brilhar muito mais. O moleque é trabalhador, tranquilo, na dele. Fala pouco, mas trabalha muito. É assim que um grande jogador aparece”, enalteceu o zagueiro Thiago Silva.