Drogba diz que avalia Corinthians e aguarda por conversa com presidente

Desde sexta-feira, a diretoria se mobiliza para formalizar a conversa entre Drogba e o presidente corintiano.

Comentar
Compartilhar
22 JAN 2017Por Folhapress16h30
O Corinthians mantém-se confiante na negociação para contratar DrogbaFoto: Associated Press

O Corinthians mantém-se confiante na negociação para contratar o atacante marfinense Didier Drogba. De acordo com apuração da reportagem, o clube trabalha para colocar o presidente Roberto de Andrade em contato direto com o veterano por intermédio de uma videoconferência nos próximos dias.

O clube de Parque São Jorge quer acelerar este processo após um feedback. Segundo um interlocutor que conversou em Londres com Drogba no último sábado, o atacante esperava um contato direto de Roberto de Andrade e do treinador Fábio Carille.

Desde sexta-feira, a diretoria se mobiliza para formalizar a conversa entre Drogba e o presidente corintiano. Fábio Carille retorna nos próximos dias da Flórida Cup e não deve participar deste diálogo esperado pelo marfinense.

O Corinthians se mostra confiante na briga pela contratação do jogador. A proposta formalizada, na visão do clube paulista, é superior a de concorrentes - o Olympique de Marselha e times da Major League Soccer se interessam pelo jogador. Drogba, de acordo com os planos corintianos, responderá à oferta nos próximos dois dias.

Atualmente, o marfinense analisa os valores apresentados pela diretoria corintiana. O próprio atacante, que se encontra ainda na capital inglesa, admite estudar detalhadamente a proposta.

Didier Drogba e Jadson são os principais alvos corintianos no mercado. O interesse pelo atacante marfinense foi revelado pela reportagem neste mês, e a contratação passa sobre um projeto que envolve marketing e futebol.

Para contar com a estrela africana para 2017, o Corinthians oferece US$ 120 mil, bonificações para artilharias do Paulista, do Brasileirão, passagens aéreas, um carro SUV blindado, uma casa e um tradutor, além de oferecer um pacote para a Fundação Drogba.