Dorival será julgado e pode levar gancho de até seis jogos

O treinador santista recebeu cartão vermelho na vitória sobre o Coritiba, pela terceira rodada do Brasileirão, por retardar os minutos finais de jogo

Comentar
Compartilhar
30 MAI 2017Por Diário do Litoral17h31
Dorival pode levar gancho de até seis jogosDorival pode levar gancho de até seis jogosFoto: Divulgação/Santos FC

O técnico Dorival Júnior será julgado no STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) nesta quarta-feira (31) e pode levar gancho de um a seis jogos por conta da expulsão na vitória do Santos sobre o Coritiba, na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2017.

O comandante alvinegro recebeu o cartão vermelho por retardar os minutos finais do jogo. Ele foi enquadrado no artigo 258 de Justiça Desportiva por conduta antidesportiva, que prevê “punição a qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada”.

Caso seja punido com um jogo, o treinador não será desfalque no clássico contra o Corinthians, no sábado (03), pela quarta rodada do Brasileirão. Isso porque ele já cumpriu suspensão automática e não esteve presente no banco de reservas na derrota do Peixe para o Cruzeiro, no último sábado.

Se a pena for maior, o Santos será novamente comandado pelo auxiliar-técnico Lucas Silvestre, que é filho de Dorival Júnior. Como viajou para o Rio de Janeiro, onde será realizado o julgamento, o treinador alvinegro não esteve presente nos últimos dois treinamentos do Peixe no CT Rei Pelé.