Dorival Júnior deve ganhar cinco reforços contra o Santo André

Ricardo Oliveira e Copete, ausências contra o São Bento, voltam à equipe. O Peixe também deve ter Vanderlei, Cleber e Léo Cittadini, recuperados de lesões

Comentar
Compartilhar
23 MAR 2017Por Diário do Litoral15h53
O técnico Dorival Júnior deve ganhar cinco novidades para o confronto com o Santo AndréO técnico Dorival Júnior deve ganhar cinco novidades para o confronto com o Santo AndréFoto: Divulgação

Após vitória importante sobre o São Bento, na última quarta-feira, o Santos já começa a se preparar para o duelo deste sábado (25), contra o Santo André, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista. O técnico Dorival Júnior deve ganhar cinco novidades no confronto.

Ausências no duelo contra o time de Sorocaba, o centroavante Ricardo Oliveira e o atacante Jonathan Copete retornarão. O camisa 9 foi poupado para recuperar a melhor forma física, enquanto o colombiano não ficou à disposição por conta de uma indisposição estomacal.

Além da dupla, o Peixe deve contar com o goleiro Vanderlei, o zagueiro Cleber Reis e o meia Léo Cittadini, recuperados de lesões. O camisa 1 brigará por uma vaga na meta santista com Vladimir, destaque nas últimas partidas. Já Cleber pode assumir a vaga de Lucas Veríssimo.

Com as liberações, o Peixe tem como desfalques apenas os zagueiros Gustavo Henrique e Luiz Felipe. A dupla sofreu lesão ligamentar no fim do ano passado e está voltando a treinar no gramado aos poucos. A tendência é que eles fiquem à disposição no fim do próximo mês.

Para ganhar paz

O duelo deste final de semana é de extrema importância para o Alvinegro, que ainda não tem classificação assegurada nas quartas de final do estadual. Uma vitória, combinada com tropeços dos rivais Mirassol e Ponte Preta, pode garantir uma vaga antecipada na competição.  

Hoje, o Santos ocupa a liderança do Grupo D, com 16 pontos. A Ponte Preta, com a mesma pontuação, está na segunda colocação (ela perde no quesito vitórias: 5 a 4). O Mirassol é o terceiro, com 14, enquanto o Audax-SP está com sete e briga contra o rebaixamento. Vale lembrar que as duas melhores equipes do grupo garante vaga na próxima fase.