Destaque contra o Santa Cruz, Joel supera críticas e entra na briga por artilharia

Camaronês foi alvo da torcida na vitória sobre o Botafogo, mas voltou a balançar as redes no último domingo. Ele é vice-artilheiro do Peixe no ano, com sete gols

Comentar
Compartilhar
13 JUN 2016Por Diário do Litoral17h00
O camaronês vinha sendo alvo da torcida, mas voltou a fazer uma boa atuação e marcou o segundo gol do Peixe na partidaO camaronês vinha sendo alvo da torcida, mas voltou a fazer uma boa atuação e marcou o segundo gol do Peixe na partidaFoto: Ivan Storti

Além de quebrar um longo jejum fora de casa no Brasileirão, a vitória do Santos por 2 a 0 diante do Santa Cruz, em Recife, no último domingo, serviu para o centroavante Joel fazer as pazes com a torcida. O camaronês vinha sendo alvo da torcida, mas voltou a fazer uma boa atuação e marcou o segundo gol do Peixe na partida.

A pressão vinha desde o confronto diante do Botafogo, no Pacaembu, pela sexta rodada da competição nacional. Na ocasião, mesmo com o Alvinegro vencendo por 3 a 0, o jogador recebeu vaias da torcida ao deixar o gramado. Ele, no entanto, prefere esquecer as críticas antes recebidas e mostra tranquilidade para seguir balançando as redes.

"O torcedor é emoção. Ele sempre quer ver o time bem. Nós somos seres humanos, temos dias bons e dias ruins. Eu não fico querendo mostrar alguma coisa para o torcedor. Eu quero ajudar o Santos a conseguir a vitória. O torcedor vai vaiar. Eu não sou o único jogador a ser vaiado. E é só ter tranquilidade de fazer aquilo que você sabe fazer, que as coisas vão acontecer naturalmente", disse.

No clube desde o início do ano, Joel atuou 21 vezes e marcou sete gols. Foram dois pela Copa do Brasil, dois pelo Campeonato Brasileiro, além de outros três no Paulistão. Na artilharia do elenco alvinegro, ele está atrás apenas de Gabriel, que tem 20 jogos e oito gols. O lesionado Ricardo Oliveira tem sete tentos, em 15 jogos.

"Ser artilheiro ou não, isso não é a minha preocupação. É óbvio que atacante sobrevive de gols, mas a minha maior preocupação é que a gente consiga alcançar nossos objetivos, que é conseguir uma classificação melhor no Brasileiro, classificar na Copa do Brasil e disputar para ficar em cima na tabela do Brasileiro", completou.

Joel e o Peixe retornam a campo nesta quarta-feira, pela oitava rodada do Brasileirão. O jogo será realizado contra o Sport, na Vila Belmiro, às 21h.