Corinthians supera o Audax fora de casa e chega com moral para o Derby

Com o resultado, o clube de Parque São Jorge chega a nove pontos conquistados em 12 disputados no Paulistão

Comentar
Compartilhar
18 FEV 2017Por Gazeta Press19h20
Kazim foi o autor do único gol corintiano neste sábadoFoto: Ale Cabral/AGIF

O Corinthians conseguiu uma importante vitória na tarde deste sábado, diante do perigoso Osasco Audax, na casa do adversário, e ganhou o moral que buscava para encarar o clássico contra o Palmeiras. Ao som de “É quarta-feira”, data do Derby, os alvinegros construíram mais um triunfo por 1 a 0, que tem virado padrão em 2017. Dessa vez, o gol foi anotado pelo inglês naturalizado turco Kazim, que anotou pela primeira vez em partidas oficiais.

Com o resultado, o clube de Parque São Jorge chega a nove pontos conquistados em 12 disputados no Paulistão, assumindo a liderança do Grupo A, dois à frente do Ituano, que perdeu por 1 a 0 para o Novorizontino. O AUdax, por sua vez, amarga seu terceiro jogo sem vencer após disparar 4 a 2 sobre o São Paulo na estreia.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o jogo mais esperado pela torcida nesta primeira fase de Campeonato Paulista: o Derby contra o Palmeiras, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio de Itaquera, pela quinta rodada do Estadual. O time de Osasco, por sua vez, vai encarar o Botafogo-SP, fora de casa, no estádio Santa Cruz, a partir das 19h30.

O Corinthians mostrou um sistema bastante sólido defensivamente para encarar as rápidas trocas de bola do Audax. Escolado tanto pelos problemas do ano passado quanto pela goleada imposta pelo time de Osasco ao rival São Paulo, o Timão começou a partida pressionando a saída de bola em cima do goleiro Felipe Alvaes, mas mostrando boa recuperação para não deixar espaços em seu meio-campo.

A primeira bola de perigo veio logo a um minuto, quando Léo Jabá pressionou a saída de bola e ganhou escanteio. Na cobrança, Fagner achou Pablo livre de marcação, mas o zagueiro não conseguiu repetir o padrão estabelecido na vitória sobre o Novorizontino e acabou cabeceando para fora. Depois disso, porém, o jogo pareceu entrar em um limbo, sem grandes ações de ambos lados.

Enquanto o Audax começava a encaixar sua saída com o toque de bola, o Corinthians mostrava segurança na proteção da área, sem deixar que os adversários entrassem tabelando. Dessa forma, restou ao time da casa tentar cruzamentos imprecisos enquanto o Timão buscava uma escapada com os rápidos Romero e Léo Jabá. A dupla alvinegra, porém, acabou coadjuvante do terceiro homem de ataque.

Em pressão iniciada por Romero e concretizada por Camacho, que desarmou Felipe Rodrigues, a bola sobrou para Kazim dentro da área. O turco, que pouco havia encostado na redonda, resolveu girar o corpo rapidamente e bater de primeira, acertando forte chute no canto esquerdo baixo, sem chances de defesa para Felipe Alves. Festa da Fiel, que só não comemorou o segundo antes do intervalo porque Léo Jabá conduziu desde o campo de defesa e falhou ao chutar de esquerda, frente a frente com o goleiro.

Logo depois do apito inicial para a etapa final, Jabá conseguiu fazer outra boa jogada, mas novamente desperdiçou. Fagner achou bom lançamento para o garoto, em meio a dois zagueiros. Ele ganhou a disputa de um na velocidade e, diante do outro, tocou de cabeça para colocar na frente. Em boa condição, já dentro da área, tentou o chute cruzado, mas não conseguiu vencer Felipe Alves, seguro no um contra um.

Ainda antes dos 15 minutos, o Alvinegro teve ao menos três boas chances de ampliar. A primeira com Romero, que recebeu cruzamento rasteiro de Rodriguinho entre os zagueiros e tentou a finalização de primeira, por cima do gol do adversário. Depois, o próprio paraguaio recebeu lançamento em profundidade e tentou toque por cobertura de Felipe Alves, que apenas observou. Na última, Léo Jabá apareceu como um raio entre a defesa e invadiu a área, mas novamente chutou em cima do goleiro.

Depois do ímpeto inicial, porém, o técnico Fábio Carille tratou de resguardar ainda mais sua equipe. A alteração inaugural sacou o machucado Kazim, que pediu para sair, e mandou a campo o garoto Maycon, jogando Romero para a função de centroavante. Depois, Léo Jabá deu lugar a Marlone, enquanto Camacho, que vinha desempenhando bom papel no meio-campo, deu lugar a Fellipe Bastos.

Bem postado na frente da área, mas dessa vez sem praticamente nem uma alternativa para ameçar a zaga adversária, o Alvinegro viu os 15 minutos finais se tornarem uma sequência de toque de bola do Audax em seu campo. Apesar do bom volume de jogo, porém, o time da casa não conseguiu transpor a barreira imposta e liderada por Pablo e Cássio, que asseguraram mais uma vitória pelo placar mínimo para o Timão;

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO OSASCO AUDAX 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio José Liberatti, em Osasco (SP)
Data: 18 de fevereiro de 2017, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Marco Antônio de Andrade Motta Júnior (SP)
Público: 6.630 presentes
Renda: R$ 191.460,00
Cartões amarelos: André Castro e Rafael Oliveira (Audax); Guilherme Arana (Corinthians)
Gol:
CORINTHIANS: Kazim, aos 32 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO OSASCO AUDAX: Felipe Alves; Felipe Rodrigues (Marmentini), André Castro e Betinho; Marquinho (Rafael Oliveira), Pedro Carmona, Danielzinho e Léo Artur; Gabriel Leite, Hugo (Rafinha) e Ytalo
Técnico: Fernando Diniz

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho (Fellipe Bastos), Romero, Rodriguinho e Léo Jabá (Marlone); Kazim (Maycon)
Técnico: Fábio Carille