Corinthians faz jogo matinal em Curitiba e quer estragar a festa do Paraná

O clube paranaense fez uma campanha nas redes sociais dizendo que a torcida do Paraná é "mais louca" que a do Corinthians e por isso tinha que ir apoiar a equipe.

Comentar
Compartilhar
22 ABR 2018Por Estadão Conteúdo01h40
Treino do Corinthians, essa semana.Foto: Facebook/Corinthians

Hoje será um dia diferente para o Corinthians. A equipe do técnico Fábio Carille enfrenta o Paraná às 11 horas, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, em uma partida histórica para o time paranaense, que não joga a Série A desde 2007 e, por isso, promete uma grande festa em sua casa.

Além do horário atípico, o fato de ver o adversário tendo a maioria da torcida não é tão comum para os corintianos. Durante a semana, a procura por ingressos foi intensa e cerca de 17 mil torcedores estarão presentes no estádio.

O clube paranaense fez uma campanha nas redes sociais dizendo que a torcida do Paraná é "mais louca" que a do Corinthians e por isso tinha que ir apoiar a equipe.

O Paraná caiu para a Série B junto com o Corinthians, em 2007, e só voltou esse ano. Os adversários tiveram estreias distintas no Brasileirão, ambas na cidade de São Paulo. O clube paulista venceu o Fluminense por 2 a 1, em sua Arena, enquanto que os paranistas lutaram, mas perderam por 1 a 0 para o São Paulo, no estádio do Morumbi.

Em relação ao time, Fábio Carille não contará ainda com o centroavante Roger, que tem condições legais de jogo, mas será preparado para enfrentar o Atlético Mineiro, no domingo que vem, em Belo Horizonte. O volante Maycon e o meia Jadson podem ser poupados.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Henrique, Balbuena e Sidcley; Ralf, Renê Júnior, Jadson (Matheus Vital) e Rodriguinho; Clayson e Romero. Técnico: Fábio Carille.