Corinthians faz 2 a 0, cala Morumbi e fica a um passo da final

Com o resultado, o Tricolor terá de vencer o sólido Timão no duelo de volta por ao menos dois gols de diferença para levar a decisão aos pênaltis

Comentar
Compartilhar
16 ABR 2017Por Gazeta Press21h03
Corinthians abriu vantagem de gols no primeiro jogoCorinthians abriu vantagem de gols no primeiro jogoFoto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Mesmo atuando em um Morumbi lotado por mais de 45 mil torcedores, o São Paulo não foi páreo para o Corinthians na noite deste domingo e perdeu por 2 a 0, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Paulista. Mortal nos clássicos, Jô abriu o placar e Rodriguinho deu números finais ao Majestoso ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, o Tricolor terá de vencer o sólido Timão no duelo de volta por ao menos dois gols de diferença para levar a decisão aos pênaltis. A partida está marcada para o próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), no estádio de Itaquera.

Antes de se preocuparem com o jogo de volta, porém, os rivais disputarão outro mata-mata. Pela quarta fase da Copa do Brasil, o São Paulo buscará reverter a desvantagem de 2 a 0 contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão. No mesmo dia, mas às 21h45, o Corinthians recebe o Internacional em Itaquera, podendo empatar sem gols para avançar no torneio.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 2 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 16 de abril de 2017, domingo
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Caetano Ribeiro da Costa
Público: 45.366
Renda: R$ 1.448.769,00
Cartão Amarelo: Luiz Araújo e Jucilei (São Paulo); Romero, Pablo e Maycon (Corinthians)
Gols:

CORINTHIANS: Jô, aos 20 minutos do 1º tempo e Rodriguinho, aos 47 minutos do 1º tempo

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Araruna (Thomaz), Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cueva; Wellington Nem (Cícero), Luiz Araújo (Gilberto) e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson (Clayton), Rodriguinho (Camacho) e Romero; Jô
Técnico: Fábio Carille