Corinthians enfrenta a Caldense em seu primeiro jogo eliminatório de 2017

O duelo com a Caldense é de jogo único, conforme mudança no regulamento da Copa do Brasil, e o Corinthians tem a vantagem do empate

Comentar
Compartilhar
08 FEV 2017Por Gazeta Press18h30
Invicto na temporada, o Corinthians tem a vantagem do empate contra a CaldenseFoto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O quinto jogo do Corinthians em 2017 já será eliminatório. Com três vitórias e um empate (que terminou com derrota nos pênaltis para o São Paulo) na temporada, a equipe de Fábio Carille não poderá perder para a Caldense, a partir das 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, em Poços de Caldas, para sobreviver na Copa do Brasil.

“É um jogo perigoso. A obrigação de vitória é do Corinthians, com todo o respeito à Caldense. A pressão está do nosso lado. Não podemos errar”, advertiu o goleiro Cássio, que tenta se reafirmar como titular enquanto o concorrente e amigo Walter se recupera de contusão da região do tórax.

O duelo com a Caldense é de jogo único, conforme mudança no regulamento da Copa do Brasil, e o Corinthians tem a vantagem do empate. Se avançar diante da equipe mineira, enfrentará o vencedor do confronto entre Brusque e Remo na segunda fase do torneio de mata-mata.

“O começo de ano tem sido positivo. Agora, na Copa do Brasil, será importante manter uma boa consistência defensiva em função desse novo regulamento”, advertiu o recém-chegado zagueiro Pablo, que ainda não lamentou um gol contra o Corinthians dentro de campo. Com ele, o time ganhou de Ferroviária e São Bento por 1 a 0.

Para seguir em alta, o técnico Fábio Carille não deverá mudar a formação vitoriosa na rodada de abertura do Campeonato Paulista. A única novidade estará no banco de reservas, que passará a contar com o atacante Bruno Paulo, não inscrito no Estadual. O inglês naturalizado turco Kazim, por sua vez, segue fora em função de lesão muscular na coxa direita.

Do lado da Caldense, o técnico Thiago Oliveira trabalha com a despreocupação de quem é o azarão contra o Corinthians. Pelo Campeonato Mineiro, a sua equipe acumula uma derrota por 1 a 0 para a URT e uma vitória pelo mesmo placar em cima do Villa Nova, conquistada após uma curiosa invasão de campo de um cachorro.

A Caldense é conhecida dos corintianos por ter sido o clube para o qual o então jovem centroavante Casagrande fora emprestado em 1981, após desentendimento com o técnico Oswaldo Brandão. Hoje, conta com o goleiro reserva Symon, filho do comentarista esportivo, e com o meia Ewerthon Maradona como um dos seus destaques.