GOVERNO SAUDE

Corinthians arranca empate em Mirassol

Timão sai na frente, mas cede empate ao time da casa

Comentar
Compartilhar
26 JAN 2020Por Folhapress21h29
Ramiro abriu o placar para o Timão em MirassolFoto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians deixou escapar o que seria a segunda vitória no Campeonato Paulista. Fora de casa, a equipe empatou com o Mirassol , por 1 a 1, depois de ter aberto o placar e segurado a vantagem até os 28 minutos do segundo tempo.

O resultado acabou sendo justo pelo futebol apresentado pelas dois times.

Os comandados de Tiago Nunes abriram o placar logo cedo, aos 11 minutos, com Ramiro, mas viram os donos da casa cresceram no jogo justamente após o gol.

Durante a primeira etapa, o empate só não saiu porque o goleiro Cássio fez grandes defesas e o Mirassol também pecava nos arremates.

Pressionado em seu campo de defesa, o Corinthians tinha dificuldade para criar jogadas pelo meio e apostava em lançamentos longos.

Quase nenhum deles resultava em boas oportunidades para os homens de frente. Boselli, por exemplo, ficou isolado o tempo todo.

De tanto insistir, o Mirassol conseguiu chegar ao empate já aos 28 minutos do segundo tempo, em jogada de bola área, concluída por Camilo.

Depois do gol, o ritmo da partida diminuiu e o placar seguiu sem mudanças até o apito final do árbitro.

Na próxima rodada, o alvinegro vai encarar a Ponte Preta, na quinta-feira (30), enquanto o Mirassol enfrenta o Guarani.

MIRASSOL 1 X 1 CORINTHIANS

Data e horário: 26 de janeiro de 2020, às 19h (de Brasília)
Local: Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP)
Juiz: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Fabio Rogerio Baesteir (SP)
Público pagante: 11.951
Renda: R$ 639.444,00
Gols: Ramiro aos 11 minutos do primeiro tempo (Corinthians); Camilo aos 26 do segundo tempo (Mirassol)
Cartões amarelos: Fagner (Corinthians); Juninho (Mirassol)

MIRASSOL
Kewin; Daniel Borges, Luiz Otávio, Tiago Alves e Romário (Chico); Luis Oyama, Ernandes, Neto Moura; Juninho (Camilo); Marcelo Toscano (Rafael Silva) e Maranhão
Técnico: Ricardo Catalá

CORINTHIANS
Cássio; Fagner; Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton; Camacho Richard; Ramiro, Luan, Janderson (Davó) e Boselli (Gustagol)
Técnico: Tiago Nunes