X

Esportes

Contra o Vasco, Palmeiras reencontra torcida no 1º jogo de Felipão no Allianz

O jogo será o primeiro do treinador Luiz Felipe Scolari na nova casa palmeirense, inaugurada em 2014.

Folhapress

Publicado em 12/08/2018 às 06:04

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Na sua última passagem pelo clube, de 2010 a 2012, o técnico do pentacampeonato não dirigiu a equipe no local, que estava em obras. / Facebook/SE Palmeiras

Após três jogos como visitante, o Palmeiras reencontra a sua torcida neste domingo (12), às 19h, quando enfrenta o Vasco no Allianz Parque, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo será o primeiro do treinador Luiz Felipe Scolari na nova casa palmeirense, inaugurada em 2014.

Na sua última passagem pelo clube, de 2010 a 2012, o técnico do pentacampeonato não dirigiu a equipe no local, que estava em obras.

"Na última oportunidade em que aqui estive [2012], éramos uma equipe itinerante. Jogávamos em Barueri, no Canindé, em Presidente Prudente... Não tínhamos nosso estádio, e hoje temos um que é maravilhoso", disse Felipão em sua apresentação no clube.

Em sua primeira passagem pelo clube, na década de 1990, Scolari conquistou dois títulos no antigo Palestra Itália. Ele foi campeão da Mercosul em 1998 e da Copa Libertadores em 1999.

O Palmeiras voltará a jogar em casa após três partidas como visitante -enfrentou Bahia, América-MG e Cerro Porteño e conquistou dois empates e uma vitória.

Um dos trunfos para o duelo contra os cariocas é o sistema defensivo. A equipe não toma um gol há quatro jogos.

A última vez que a defesa foi vazada foi em 25 de julho, quando perdeu para o Fluminense por 1 a 0. O revés custou a demissão do então técnico Roger Machado.

Com a sequência de jogos decisivos, o treinador deverá escalar um time misto neste domingo.

Edu Dracena e Felipe Melo estão entre os jogadores que devem ser preservados por Scolari. No comando de ataque, Borja, que fez os dois gols do triunfo sobre o Cerro Porteño, será mantido no time para ganhar ritmo após passar por uma cirurgia no joelho.

O Vasco vive uma fase de instabilidade. Desde que Jorginho assumiu o comando, em junho, a equipe carioca ganhou quatro vezes, mas duas delas não serviram para levar o time adiante na Copa Sul-Americana (1x0 sobre a LDU) e Copa do Brasil (2x0 sobre o Bahia).

Como o Vasco se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento, Jorginho começou a ser questionado. Para o duelo com o Palmeiras, o recém-contratado Leandro Castán deve estrear e formar dupla de zaga com Ricardo.

PALMEIRAS
Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Gustavo Gómez, Victor Luís; Thiago Santos, Bruno Henrique, Moisés, Hyoran, Dudu; Borja. T.: Luiz Felipe Scolari

VASCO
Martín Silva; Galhardo, Leandro Castán, Ricardo, Ramon; Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Thiago Galhardo, Giovanni Augusto; Andrés Rios. T.: Jorginho

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo
Horário: 19h deste domingo
Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Crime

Polícia prende, em flagrante, suspeito de tráfico de maconha 'poderosa'

Na revista, foram localizadas duas porções grandes da droga (96,3 gramas), escondidas dentro do quarto do suspeito

Guarujá

Prefeitura de Guarujá usa peixes no combate a dengue; entenda

Locais com grande acúmulo de água são pontos escolhidos para o uso dos peixes, que se alimentam das larvas do mosquito da dengue

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter