Corona2

Com três de Luiz Adriano, Palmeiras vence e se isola como líder na Libertadores

Na próxima rodada, o Palmeiras vai encarar o Bolívar, fora de casa. Antes, terá confronto pelo Campeonato Paulista: visitará a Inter de Limeira no sábado (14)

Comentar
Compartilhar
11 MAR 2020Por Folhapress08h00
Palmeiras chega à sua 100ª vitória na história da LibertadoresFoto: Cesar Greco/Palmeiras

Em noite inspirada do atacante Luiz Adriano, que marcou três gols, o Palmeiras venceu o Guaraní-PAR nesta terça-feira (10), por 3 a 1, em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.
Bobadilla descontou para os visitantes próximo ao fim da partida. Todos os gols saíram no segundo tempo.
Com o hat-trick no jogo, o camisa 10 palmeirense chegou a quatro gols na Libertadores e alcançou a vice-liderança do ranking de artilharia do torneio, só atrás de Fidel Martínez, do Barcelona (EQU), que marcou oito vezes.
No Allianz Parque, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo assegurou a sua segunda vitória na competição, mantendo-se com 100% de aproveitamento e na liderança isolada do grupo B -o Palmeiras soma agora seis pontos.
Já o adversário paraguaio é o segundo da chave, com três pontos, empatado com o Bolívar, que venceu o lanterna Tigre também nesta terça, por 2 a 0.
Na próxima rodada, o Palmeiras vai encarar o Bolívar, fora de casa. Antes, terá confronto pelo Campeonato Paulista: visitará a Inter de Limeira no sábado (14).

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez (Vítor Hugo) e Viña; Bruno Henrique, Ramires (Patrick de Paula) e Dudu; Rony, Willian (Zé Rafael) e Luiz Adriano. T.: Vanderlei Luxemburgo

GUARANÍ-PAR
Servio; Dávalos, Romaña, Báez e Guillermo Benítez; Ángel Benítez, Morel (Barrientos), Edgar Benítez (Merlini) e Rodrigo Fernández; Redes e Bobadilla. T.: Gustavo Costas

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Público e renda: 28.267 pagantes; R$ 1.900.019,84
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (CHI)
Cartões amarelos: Marcos Rocha e Gustavo Gómez (PAL); Morel, Rodrigo Fernández, Edgar Benítez, Báez e Merlini (GUA)
Gols: Luiz Adriano (PAL), aos 7min, aos 28min e aos 37min, e Bobadilla (GUA), aos 42min do 2º tempo