Com time definido, Ney Franco faz mistério antes da Libertadores

Técnico tricolor ainda pretende fazer mistério, já que duas posições são foco de intensas disputas no elenco do São Paulo.

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201317h23

O técnico Ney Franco já sabe qual é a formação do São Paulo para enfrentar o Atlético-MG, na quarta-feira, pela primeira partida da fase de grupos da Copa Libertadores da América. No entanto, o treinador ainda pretende fazer mistério, já que duas posições são focos de intensas disputas no elenco tricolor.

“Já tenho na cabeça com segurança a equipe que vai jogar contra o Atlético, mas não é o momento de falar sobre isso. Fiz vários testes pelo lado direito. O Jadson já jogou assim, o Aloísio desempenhou na goleada por 5 a 0 (sobre o Bolívar), o Douglas fez uma boa partida assim em La Paz, o Cañete entrou em alguns momentos neste setor... Hoje, tenho muito claro quem vai fazer esta função e como vamos jogar”, afirmou.

O lado direito citado pelo treinador é a vaga deixada por Lucas, que se transferiu para o Paris Saint-Germain no fim do ano passado. Apesar do mistério, Ney Franco já deu pistas do setor, descartando Jadson para o lugar, pois o meia será titular em outra função, mais centralizada. O meia argentino é outro pouco cotado e tem chance maior de começar na reserva.

Jadson vai jogar mais centralizado contra o Atlético e está fora da disputa pela vaga no lado direito (Foto: Djalma Vassão/ Gazeta Press)

O mistério na posição também tem interferência na lateral direita, que é mais uma área sob suspense. Paulo Miranda e Douglas vêm se revezando na função. Pelas ideias demonstradas pelo técnico durante a temporada, a possibilidade é grande de que os dois sejam escalados juntos diante do Atlético, com o zagueiro sendo improvisado na lateral, enquanto Douglas ocupa a função mais avançada.

Para fazer todos os ajustes necessários para a Libertadores, o técnico confirmou que vai poupar os titulares do confronto contra o Guarani, neste sábado, no Brinco de Ouro da Princesa, pelo Campeonato Paulista.

“A equipe que entrou em campo hoje (quarta), além do Rogério e do Luis Fabiano, não vai jogar no sábado. Quero ter uma semana de trabalho, porque tivemos uma sequência forte de pré-temporada e jogos”, concluiu.