Com recorde, espanhol é o novo campeão da Descida das Escadas de Santos

O vice-campeão foi o piloto Wallace Miranda, de Aparecida (SP), com 59.114

Comentar
Compartilhar
19 FEV 2017Por Da Reportagem19h13
Javier Guijarro, de 25 anos, é o campeão da Descida das Escadas de Santos 2017Javier Guijarro, de 25 anos, é o campeão da Descida das Escadas de Santos 2017Foto: Rodrigo Philipps - Focoradical

Javier Guijarro, de 25 anos, é o campeão da Descida das Escadas de Santos 2017, a maior prova de downhill urbano da América da Latina. O espanhol é dono do novo tempo recorde (58.377) da competição – antes, a marca era do eslovaco Filip Polc, que desceu os 514 degraus do Morro do Pacheco em 58.895, no ano passado, e parou de competir ainda em 2016. Guijarro manteve a liderança que havia conquistado na seletiva da semana passada para a prova, em São Vicente, e, também, no qualify de ontem (18). O vice-campeão foi o piloto Wallace Miranda, de Aparecida (SP), com 59.114.

“Eu estou muito, muito feliz com esta conquista. Não somente eu, como toda a minha família que ficou na Espanha. Aqui, no Brasil, eu me sinto em casa. Mas, agora, é hora de voltar para o meu país, com esse título na bagagem”, disse o novo campeão.

O espanhol também foi coroado como Rei das Escadas de Santos pela Garota Dowhill 2017, Adryen Gozzer. Guijarro sentou na tradicional poltrona real, com direito à coroa e ao cetro. A competição foi transmitida ao vivo durante o programa Esporte Espetacular, da Rede Globo.

Por pouco, o brasileiro Wallace Miranda não subiu no lugar mais alto do pódio, como fez em 2008 e 2009. O veterano conhece bem a pista e manteve bons tempos no treino e na prova. Segundo ele, que é visto como exemplo pelos colegas, ver esse reconhecimento dos amigos é muito gratificante. “Fico muito feliz em saber disso. Que eles (pilotos) venham competir sempre com bastante motivação e consigam vencer, na pista e na vida, por meio do esporte”.

Bicampeonato

Na categoria feminina, a vencedora foi Barbara Jechow, a Babi, que completou a prova em 1:27.446. A mineira, que é bicampeã na competição – o último título foi no ano passado – comemora a missão cumprida. “Eu treinei bastante e estou bem feliz com o resultado. Deixei a bike mais firme e deu tudo certo”.

O organizador da Descida das Escadas de Santos e presidente da Confederação Brasileira de Mountain Bike, Marcelo Coelho, agradeceu a todos os pilotos e à comunidade do Morro do Pacheco, que abraçou toda a competição. “É extremamente gratificante ver tudo isso, aqui. Receber o carinho de todos, que colaboraram para o sucesso de mais uma edição da prova, é muito bacana. Por isso: até o ano que vem!”

Pódio

A competição premiou, também, outros três colocados na categoria masculina: Gabriel Giovannini (59.310), Bruno da Silva (59.700) e Lucas Silva (1:00.385), 3º, 4º e 5º lugares, respectivamente. Na feminina, Ana Carolina Ferrer garantiu a segunda posição, com tempo de 2:00.482. O terceiro lugar ficou com Rafaella Santana, com 10:15.344.

Parceiros

A competição tem o patrocínio de Dopamina, Duo, Ecovias, Gelog, HDI, Integralmédica, Lorenzetti, Maratá, Óleos Menu, Potencial, Porto de Santos, Prodesp, Rexona, Riachuelo, Sabesp, Yamaha, Instituto Amigos do Pacheco, Prefeitura Municipal de Santos, Ministério do Esporte, Ministério dos Transportes e Governo do Estado de São Paulo. A idealização e a organização são da Confederação Brasileira de Mountain Bike.