Com novo técnico, Peixe encara o lanterna Vitória no Pacaembu

Enderson Moreira estreia neste sábado, contra o Vitória, no Pacaembu, em partida válida pela 19ª e última rodada do primeiro turno

Comentar
Compartilhar
06 SET 201412h06

A sequência com uma vitória nos últimos seis jogos no Campeonato Brasileiro acabou derrubando Oswaldo de Oliveira do comando técnico do Santos. Nem mesmo a vitória na Copa do Brasil segurou o treinador no cargo. E é com essa pressão por resultados que Enderson Moreira estreia neste sábado, contra o Vitória, no Pacaembu, em partida válida pela 19ª e última rodada do primeiro turno.

“Isso sempre vai existir, essa pressão. Evidente que em alguns é maior, outros menor, mas o Santos entra em qualquer competição para vencer, nunca vai ser diferente”, disse o recém contratado técnico, que joga com a responsabilidade de vencer, principalmente porque o adversário é o último colocado na tabela de classificação. “(O Vitória) é o lanterna do campeonato, mas sei daquilo que o Ney (Franco, técnico) pode mobilizar para a partida. Ele tem uma organização tática, joga sempre para vencer. Sabemos que é um jogo difícil, contamos com o apoio do nosso torcedor, estamos motivados, precisamos pegar uma sequência de vitórias e vamos jogar para buscar o resultado”.

Aliás, o torcedor deve ser um forte aliado na partida deste sábado. A diretoria alvinegra realizou uma promoção de ingressos com valores a partir de R$ 5 para lotar o estádio da Capital. E quem for ao jogo vai ver em campo um time muito parecido com o que era comandado por Oswaldo de Oliveira. Enderson não vai mexer na formação da equipe depois de apenas três dias de treino e adiantou que Souza e Zé Carlos substituem Alison e Mena. O jovem volante está com a seleção brasileira Sub-21, enquanto o lateral esquerdo está servindo a seleção chilena em amistosos.

Confiante, Enderson Moreira fará sua estreia no comando do Santos diante do lanterna Vitória (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

A grande novidade, que não chega a ser uma surpresa, é o retorno de Leandro Damião ao time titular. Após defender e bancar o centroavante em diversos momentos, Oswaldo deixou o camisa 9 no banco de reservas nas duas últimas partidas, contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, e contra o Botafogo, pelo Brasileirão. Agora, com Enderson, Damião volta a ter prestígio e retoma a vaga no time titular. Rildo fica no banco.

“Não tive conversa com ele ainda, mas sei e conheço bem as características com o Leandro. Sei que todos os jogadores passam por dificuldades, espero que possa buscar o retorno de boas apresentações com determinação vontade e foco. Principalmente que possa buscar isso de uma maneira constante. Ele é mais de área, tem como característica uma boa finalização para terminar as jogadas, então queremos ele mais próximo disso, onde é perigoso”, explicou Enderson, que trabalhou com Damião nas categorias de base do Internacional de Porto Alegre, em 2009.

Leandro Damião volta ao time titular do Peixe, em sinal de confiança do novo treinador em seu futebol (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

O Vitória chega para a partida em situação quase desesperadora. O time conquistou os três pontos apenas três vezes no Campeonato Brasileiro, não vence uma partida na competição há cinco jogos e é o lanterna na tabela de classificação. O alento da equipe foi a classificação em cima do Sport para a próxima fase da Copa Sul-Americana, conquistada na última quarta-feira, quando o time reserva acabou mostrando mais serviço do que os ditos titulares. Com o argentino Escudero e os zagueiros Roger Carvalho e Kadu vetados pelo departamento médico, Ney Franco será obrigado a mexer na equipe. Por outro lado, Ayrton, Neto Coruja e Willie, foram liberados e estão à disposição do treinador.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X VITÓRIA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 6 de setembro de 2014, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva - PR (ASP-FIFA)
Assistente: Bruno Boschilia (PR-FIFA) e Rafael Trombeta (PR-CBF-1)

SANTOS: Aranha, Cicinho, David Braz, Edu Dracena e Zé Carlos; Souza, Arouca e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Gabriel e Leandro Damião.
Técnico: Enderson Moreira.

VITÓRIA: Gatito Fernandéz; Ayrton, Luiz Gustavo e Juan; Adriano, Cáceres, Richarlyson, Luís Aguiar e Marcinho; Dinei e Caio.
Técnico: Ney Franco