Com história no Jabuca e Briosa, Paulinho Kobayashi projeta clássico equilibrado

O Clássico das Praias será o principal jogo da rodada de abertura do returno do Campeonato Paulista da Segunda Divisão

Comentar
Compartilhar
01 JUN 2016Por Da Reportagem18h28
Paulinho Kobayashi já comandou as duas equipesPaulinho Kobayashi já comandou as duas equipesFoto: Divulgação

Jabaquara e Portuguesa Santista fazem no próximo domingo (5) o principal jogo da rodada de abertura do returno do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O tradicional Clássico das Praias será realizado às 10 horas da manhã no Estádio da Caneleira.

Treinador com bons trabalhos realizados pelos dois clubes, Paulinho Kobayashi leva em consideração o momento muito melhor da Briosa, mas acredita que alguns ingredientes envolvidos no confronto podem fazer com o que o equilíbrio prevaleça.

“A Portuguesa está invicta e tem a melhor campanha de todo o campeonato até agora. Mas a rivalidade que envolve esse jogo faz com que os atletas entrem em campo ainda mais ligados. Além disso, o Jabaquara conhece melhor o gramado da Caneleira. O time de Ulrico Mursa leva um certo favoritismo, mas acredito em um jogo muito disputado e não ficaria surpreso com um empate”, analisou o ex-atacante.

Êxito nos clubes de Santos

Em 2012, Kobayashi comandou o Jabuca em um de seus melhores momentos nos últimos anos, ao alcançar a segunda fase da Segundona. No ano seguinte, o êxito se repetiu, mas dessa vez à frente, da Briosa, que por pouco não conquistou o acesso para a Série A-3 do Paulista.

“Fixei residência em Santos quando ainda era atleta. Ter jogado pelo Santos e trabalhado como treinador nos outros dois clubes da Cidade é motivo de grande orgulho para mim”, declarou o técnico, que comandou o Penapolense na Copa Paulista do ano passado e na Série A-2 estadual, no começo de 2016.