Com desfalques na defesa, São Paulo pega Cruzeiro em busca de retomada

Um problema para o técnico Diego Aguirre, que tem metade de sua defesa fora de jogo.

Comentar
Compartilhar
29 JUL 2018Por Folhapress09h24
Lucas Kal, zagueiro da base tricolor relacionado para o jogo.Lucas Kal, zagueiro da base tricolor relacionado para o jogo.Foto: Facebook/SPFC

O São Paulo tinha a chance de aproveitar o tropeço do Flamengo na última rodada e se tornar líder do Brasileiro, mas não aproveitou. Sofreu derrota para o Grêmio, de virada, por 2 a 1, fora de casa, na última quinta (26).

Além disso, a equipe tricolor perdeu três importantes jogadores para o desafio contra o Cruzeiro, neste domingo (29), às 16h, no Mineirão. O zagueiro Arboleda, o lateral direito Eder Militão e o volante Hudson estão suspensos.

Um problema para o técnico Diego Aguirre, que tem metade de sua defesa fora de jogo.

Sem muitas opções no elenco, o treinador poderá antecipar a estreia do lateral direito Bruno Peres, antes prevista para acontecer frente ao Vasco, no dia 5. O jogador, que estava na Roma, ainda não está no melhor de sua forma física.

Aguirre ainda não definiu se o atleta inicia a partida entre os titulares. Outra opção para o setor é a improvisação do volante Felipe Araruna, 22.

Na vaga de Arboleda, zagueiro rápido e que faz um bom campeonato, entra Bruno Alves. Ele formará dupla com Anderson Martins.

Para completar o banco, já que está sem zagueiros - Rodrigo Caio se recupera de cirurgia -, Aguirre relacionou Lucas Kal, 22, cria da base.

A ausência de Hudson é dor de cabeça para o técnico. O volante é uma das válvulas de escape da equipe, principalmente na saída para o contra-ataque, após a retomada da bola.

Outro novato deve ficar com a posição. Luan, 19, nunca iniciou um jogo como titular. Ele fará dupla com o também jovem Liziero, 20, que vem substituindo Jucilei, machucado.

Fora suas próprias dificuldades, relacionadas aos desfalques e ao elenco "curto", o São Paulo tem pela frente o Cruzeiro, sexto colocado, com 24 pontos, na briga para entrar no G4 da competição, mas vindo de uma derrota para o Corinthians por 2 a 0.

O time tricolor é o segundo, com 29 pontos, dois a menos do que o Flamengo. As posições poderiam ter se invertido ao final da 15ª rodada, mas os comandados de Aguirre não seguraram a vantagem de ter marcado primeiro contra o Grêmio e levaram a virada.

A derrota também quebrou uma sequência de cinco jogos sem perder no Brasileiro. O clube empatou com o Internacional e venceu Atlético-PR, Vitória, Flamengo e Corinthians antes do revés no Sul.

O ponto forte na série invicta foi justamente a defesa, desfalcada para esta 16ª rodada. A equipe havia sofrido apenas um gol, no clássico com os corintianos. No entanto, na derrota para o Grêmio levou dois em falhas defensivas.

Militão, vendido ao Porto e um dos destaques do time, foi facilmente driblado por Everton no primeiro gol e errou o passe na intermediária na segunda vez em que o atacante gremista foi às redes.

A retomada do caminho das vitórias é fundamental para o São Paulo, que ainda sonha com a liderança. Para isso, precisa vencer o Cruzeiro e torcer por tropeço do Flamengo, que joga em casa com o Sport, no mesmo dia e hora.