Cobertura do Itaquerão não depende mais de torres

Na operação desta sexta, foram removidos os apoios provisórios instalados na parte superior de cada uma dos cinco pares de torres provisórias

Comentar
Compartilhar
04 ABR 201417h32

Seis dias depois de registrar a terceira morte de operários, o Itaquerão deu um passo importante rumo à sua conclusão nesta sexta-feira, quando uma equipe de especialistas da Odebrecht finalizou o descimbramento da cobertura metálica da arquibancada norte do estádio. Do outro lado do campo, isso já havia sido feito.

Na prática, a cobertura daquele setor não está mais sustentada por cinco torres provisórias, que começarão a ser desmontadas neste sábado. O apoio da cobertura se dá apenas nas extremidades, nas arquibancadas leste e oeste. Assim, foi aberto um vão livre, garantindo visão total do campo aos torcedores.

Na operação desta sexta, foram removidos os apoios provisórios instalados na parte superior de cada uma dos cinco pares de torres provisórias. Macacos hidráulicos colocados entre a plataforma superior de cada torre e a estrutura metálica foram acionados a partir de orientações dos especialistas que monitoravam a operação através de seus computadores.

Depois que as torres provisórias foram removidas, os operários que trabalham no Itaquerão irão instalar degraus e assentos nos espaços em que as bases das torres se fixavam. Simultaneamente, será iniciada a colocação das telhas sobre a estrutura metálica.

O Itaquerão deu um passo importante rumo à sua conclusão nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)