City deve oferecer "cheque em branco" para ter Neymar, diz jornal

De acordo com o Mundo Desportivo o plano é trazê-lo ao Manchester City na próxima janela de transferências internacionais, no final deste semestre.

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201310h31

Às vésperas do jogo entre Inglaterra e Brasil, nesta quarta-feira (6), o diretor-esportivo do Manchester City, Txiki Begiristain, Joan Laporta, ex-presidente do Barcelona, e o empresário Pini Zahavi teriam se reunido em um restaurante de Londres (Inglaterra), local do amistoso da Seleção, para falar sobre Neymar.

De acordo com as informações do Mundo Deportivo, os três definiram um plano para trazê-lo ao City já na próxima janela de transferências internacionais, que se abre no final deste primeiro semestre. Uma das intenções seria a de oferecer um “cheque em branco” ao atacante.

O possível valor astronômico envolvido em uma futura negociação seria uma tentativa de acirrar a disputa com Barcelona e Real Madrid, outros interessados no santista, que no amistoso contra os ingleses teve apenas uma atuação apagada, na derrota por 2 a 1, em Wembley.

Presidente do clube da Vila Belmiro, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro afirma que Neymar vai ficar no Peixe, pelo menos, até a Copa de 2014. No entanto, informações da imprensa espanhola indicam um pré-contrato com o Barça, que deve tirá-lo do país, a princípio, já em 2013.

Reunião do Manchester City teria traçado plano para ter Neymar, Um dia antes do amistoso entre Inglaterra e Brasil (Foto: AFP)