Chelsea chega ao Japão e recebe assédio tímido de torcedores

Assim que o elenco do clube inglês apareceu no saguão do aeroporto, dezenas de torcedores fizeram uma demonstração tímida de apoio.

Comentar
Compartilhar
09 DEZ 201218h33

O representante europeu chegou ao Japão para a disputa do Mundial de Clubes. Depois de ter vencido o Sunderland no sábado, pelo Campeonato Inglês, o Chelsea desembarcou neste domingo no aeroporto de Narita e seguiu para a concentração em Yokohama.

Assim que o elenco do clube inglês apareceu no saguão do aeroporto, dezenas de torcedores fizeram uma demonstração tímida de apoio, pedindo autógrafos e posando para fotografias.

O elenco do técnico Rafael Benítez está liberado para descansar, já que o primeiro treino em território japonês está agendado para segunda-feira. Mas os ingleses não terão muito tempo para adaptação, já que estreiam no torneio na quinta-feira, contra o Monterrey, que venceu o Ulsan Hyundai por 3 a 1 neste domingo.

A competição no Japão é vista como a oportunidade do Chelsea de superar a crise agravada pela eliminação na fase de grupos da Copa dos Campeões da Europa. Na luta para recuperar prestígio, a delegação inglesa conta com quatro jogadores brasileiros: David Luiz, Ramires, Oscar e Lucas Piazon.

Enquanto o time de Benítez enfrenta os mexicanos, a outra semifinal do Mundial será disputada entre o Corinthians e o Al Ahly, que entram em campo na quarta-feira.

O goleiro Cech parou para dar autógrafos, mas sem grande tumulto dos torcedores do time inglês (Foto: AFP)

Colunas

Contraponto