Chegada de Montillo deixa Muricy Ramalho animado no Santos

Na escalação imaginada pelo treinador, o novo reforço santista será um meia-atacante com a tarefa de se movimentar pelas laterais.

Comentar
Compartilhar
05 JAN 201309h31

O Santos deseja ser menos dependente de Neymar em 2013 do que foi em 2012 e, para isso, a ideia do técnico Muricy Ramalho é colocar o argentino Montillo bem perto do astro da equipe. Na escalação imaginada pelo treinador, o novo reforço santista será um meia-atacante com a tarefa de se movimentar pelas laterais e entrar na área.

Montillo cumprirá papel diferente do que cabia ao antigo dono da camisa 10, Paulo Henrique Ganso. O hoje são-paulino atuava centralizado, como um armador, coisa que o jogador argentino não fará. "Montillo será o nosso homem de ligação e vai ter como obrigação chegar nos atacantes", explicou Muricy Ramalho. "Certamente vai se dar bem com o Neymar e, pelo que vem por aí, teremos um time muito rápido na próxima temporada".

De fato, Muricy Ramalho tem muitas opções para montar um ataque bastante veloz. O elenco já conta com os argentinos Miralles e Patito Rodriguez, além dos garotos Felipe Anderson e Victor Andrade e do centroavante André. Todos eles são jogadores rápidos. Isso sem falar em Neymar, que quando arranca com a bola em velocidade é um pesadelo para os adversários.

A chegada de Montillo servirá também para diminuir um pouco a pressão que Neymar sofre para levar o Santos às vitórias. No ano passado, o craque chegou a reclamar que os companheiros se limitavam a esperar que ele decidisse os jogos.

Muricy acredita que Montillo se dará bem com Neymar (Foto: Divulgação)

Graças ao argentino, pela primeira vez em muito tempo Muricy Ramalho se mostrou animado com o elenco santista. O treinador passou todo o segundo semestre do ano passado reclamando de falta de boas opções. E ele garantiu nesta sexta-feira que a chegada de Montillo não encerrará a procura por reforços. A diretoria ainda mantém negociações para contratar Nenê e Robinho, mesmo após o clube ter gasto R$ 16 milhões (mais a cessão do volante Henrique ao Cruzeiro) para adquirir o meia argentino.

"Ainda faltam alguns jogadores. Talvez a gente precise de mais um homem de frente e também um para o meio de campo. O plantel está ficando bom", comentou Muricy Ramalho. Ele disse também que vai abrir espaço para jogadores que se destacarem na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Já estão na mira o zagueiro Gustavo Henrique, o meia Pedro Castro e o volante Leandrinho.