César Sampaio quer Marcos próximo ao Palmeiras em "difícil" 2013

Visando combater as dificuldades encontradas após o rebaixamento os dirigentes já estuam meios de trazer ídolos da torcida para perto do time.

Comentar
Compartilhar
17 DEZ 201215h53

As contratações de novos jogadores não serão as únicas armas da diretoria palmeirense em 2013. Para combater as dificuldades encontradas após o rebaixamento para a segunda divisão nacional, os dirigentes já estudam meios de trazer os ídolos da torcida para perto do time. O primeiro deles deverá ser o ex-goleiro Marcos, que continuará acompanhando a delegação alviverde em suas longas viagens pelo Brasil.

“Ele é um atleta de referência e nós que fazemos a gestão do clube queremos que ele permaneça junto da nossa equipe. Teremos um ano difícil pela frente e o espírito que ele passou durante os seus 20 anos de Palmeiras será fundamental para a equipe ser bem sucedida”, revelou o gerente de futebol alviverde, César Sampaio.
 
César Sampaio espera contar com a experiência de Marcos para contagiar o elenco palmeirense em 2013. (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
 
Marcos teve importante papel nos bastidores da equipe campeã da Copa do Brasil e permaneceu junto do grupo que tentava brigar contra a queda para a Série B do Brasileiro. A cada nova cidade visitada pelo Palmeiras no torneio nacional, o ex-jogador promovia eventos para distribuir autógrafos aos torcedores e atender aos pedidos daqueles que não tiveram a oportunidade de acompanhar a sua carreira nos estádios.
 
Para César Sampaio, a permanência do ídolo ao lado do grupo será fundamental para o clube não sofrer na disputa do Paulista, Libertadores, e, principalmente, Série B. “Temos um 2013 com competições importantes e a obrigação de retornar à elite. Esse espírito é o modelo de um atleta profissional que se dedica além das qualidades técnicas. O Marcos era um cara obcecado por vitórias e o esperamos para as metas serem conquistadas.”
 
O ex-goleiro se despediu oficialmente dos gramados com um amistoso disputado na última terça-feira. Marcos vestiu a camisa do Palmeiras campeão da Libertadores de 1999 e fez até um gol no empate por 2 a 2 com a Seleção pentacampeã em 2002. Convidado para integrar o Alviverde no jogo, César Sampaio despistou ao ser questionado sobre contratações e manteve os nomes de interesse do Verdão em sigilo. Até o momento, o clube só confirmou a vinda de Fernando Prass e Ayrton.