Ceni renova com o Tricolor e se declara: “É o amor da minha vida”

O goleiro ainda aproveitou a ocasião para reiterar seu vínculo com o único time que defendeu em sua longa carreira.

Comentar
Compartilhar
10 NOV 201214h08

Satisfeito pelo novo acordo com o São Paulo, Rogério Ceni agradeceu o apoio e a confiança da diretoria em seu futebol, ontem, e disse almejar mais títulos até o fim de sua passagem pelo clube, em dezembro de 2013. Perto de completar 40 anos, em janeiro, o goleiro renovou seu vínculo por mais uma temporada com o time são-paulino.

"Estou muito feliz e contente, agradeço muito ao doutor Juvenal (Juvêncio, presidente) e ao Adalberto (Batista, diretor de futebol) pela oportunidade de estar no São Paulo por mais um ano e especialmente ao meu torcedor que é o maior motivo de vestir a camisa, de querer sempre vencer", afirmou o goleiro e capitão.
 
Ídolo da torcida, Rogério Ceni aproveitou a ocasião para reiterar seu vínculo com o único time que defendeu em sua longa carreira. "Estou feliz de ficar mais um ano na minha casa, ainda moro aqui. Minha seleção é essa, é onde quero e gosto de jogar, onde me sinto à vontade. Isso não é meu emprego, trato como minha casa".
 
"Gostaria que todos trabalhassem como se o trabalho fosse seu, que todos tivessem essa paixão. Sempre digo para os outros, tratem isso como se você fosse o dono. Esse é o grande amor da minha vida", reforçou o goleiro.
 
Rogério Ceni estreou no São Paulo em 1993 e a partir de 1997 assumiu a vaga de titular no lugar de Zetti. Recordista absoluto de partidas pelo clube, com 1.043 aparições, o camisa 1 é também o maior goleiro-artilheiro da história, com 105 gols marcados.
 
Rogério Ceni está prestes a completar 40 anos (Foto: VIPCOMM)