Ceni elogia rodízio: “Fica prazeroso vir ao trabalho todo dia”

Goleiro tricolor acha positivo o rodízio promovido pelo técnico Ney Franco.

Comentar
Compartilhar
29 JAN 201310h41

O técnico Ney Franco decidiu poupar os principais jogadores do São Paulo no sábado (26), contra o Atlético Sorocaba, para poder ter força máxima nesta quarta-feira (30), pela pré-Libertadores. O goleiro Rogério Ceni, que deu espaço para Denis na vitória sobre a equipe do interior, acha positivo o rodízio promovido pelo comandante.

“É legal ter um grupo bastante usado, como no fim de semana, quando conseguiu ganhar. Todo mundo se sente satisfeito e é prazeroso vir ao trabalho todo dia. Fica aquela coisa: quem vai jogar amanhã? Nem nós sabemos exatamente e isso é legal”, comentou.

Na verdade, Ney Franco deixa bem claro qual é sua base titular neste início de temporada, com poucas mudanças de uma partida para outra. Mesmo assim e com a fama de ser ‘fominha’, Rogério Ceni minimiza as diferenças entre começar no time ou no banco.

Rogério Ceni elogia iniciativa de Ney Franco em dar chances a reservas no Campeonato Paulista (Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

“O São Paulo não tem reserva e titular, o time é o que entra em campo para jogar. Infelizmente, não dá para jogar 80 ou 90 jogos no ano com um mesmo time. Por isso, é acertada a forma de utilizar e todos se sentem importantes, como peças fundamentais”, acrescentou.

Nesta quarta-feira, contra o Bolívar, Ney Franco deve repetir a escalação que goleou na primeira partida contra a equipe boliviana, deixando como possibilidade apenas uma mudança. Paulo Miranda pode ganhar o lugar que foi ocupado por Douglas, na lateral direita.