Cañete reconhece atuação ruim e espera ritmo de jogo para evoluir

Meia não conseguiu aproveitar a chance que teve de estar entre os titulares no empate sem gols contra a Ponte Preta.

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201311h30

O meia Cañete voltou a ter uma chance como titular do São Paulo na noite desta quarta-feira (6), mas não conseguiu aproveitá-la. Depois do empate por 0 a 0 contra a Ponte Preta, o argentino reconheceu a má atuação geral da equipe e prometeu uma evolução particular ao ter sequência de jogos.

“É verdade que a partida não foi muito boa, porque foi difícil. Eles trabalharam bem a marcação e foi uma partida muito travada, em que não conseguimos ganhar os três pontos”, afirmou.

Cañete começou o duelo com a orientação de jogar pela direita do campo, mas, no decorrer do confronto, buscou espaço também na esquerda. Antes, o atleta já havia atuado contra o Atlético Sorocaba e sonha em ter mais oportunidades.

“Ainda tenho de pegar mais ritmo de jogo, pois foi o meu segundo com 90 minutos e preciso de mais partidas para conseguir”, afirmou. Sem jogar em sua posição de origem, no meio-campo, o atleta entende a decisão de Ney Franco de mudá-lo de função, mais como um atacante.

“Estou preparado para jogar em qualquer posição que seja para atacar. Estou pronto para a experiência”, concluiu o atleta.

Meia argentino Cañete não se importa em ser usado por Ney Franco como atacante de velocidade (Foto: Djalma Vassão/ Gazeta Press)