Campeão da Copa SP, Claudinei Oliveira assume equipe profissional do Peixe

Ex-goleiro do Peixe, Claudinei já tem no currículo três Paulistas de base e uma Copa São Paulo

Comentar
Compartilhar
31 MAI 201316h08

O técnico do time Júnior (Sub-20) do Santos FC, Claudinei Oliveira, assume a equipe profissional do Peixe com a saída de Muricy Ramalho. Atuando como treinador das categorias de base do Clube dede 2009, o comandante santista vive o Alvinegro Praiano desde muito jovem, pois além de torcedor e sócio, já foi ex-goleiro e revelado pelo próprio Peixe.

"Joguei nas categorias de base do Santos FC de 86 a 89. Em seguida, subi para o profissional, mas sofri uma lesão no antebraço esquerdo. Fiquei dez meses parado e depois, fui emprestado e após um ano, peguei o meu passe", contou.

Após jogar por equipes como Portuguesa Santista (SP), Nacional de Uberaba (MG), São Bento (SP), Remo (PA), Claudinei Oliveira encerrou a carreira em 2003, na meta da Ferroviária (SP).

Em 2006, ele retornou ao Peixe para trabalhar como técnico do projeto Nasce um Peixe, o qual realizava avaliações junto com as escolinhas Meninos da Vila para a captação de novos talentos.

"Trabalhei nesta função até 2009, quando recebi o convite para atuar como auxiliar técnico no Juvenil (Sub-17). Em julho daquele ano, assumi o Infantil (Sub-15) e tive a felicidade de ser campeão Paulista com aquele grupo". E o treinador teria pela frente mais um time vitorioso no ano seguinte. "Em 2010, fui convidado para treinar o Juvenil e formamos um time muito forte, que venceu o Campeonato Paulista Sub-17 e perdeu apenas três jogos ao longo da competição", completou.

Ex-goleiro do Peixe, Claudinei já tem no currículo três Paulistas de base e uma Copa São Paulo (Foto: DIvulgação/Santos FC)

Em fevereiro de 2011, Claudinei Oliveira assumiu o comando dos Juniores do Santos FC. Na temporada seguinte, levou o Peixe ao título do Paulista Sub-20, com um elenco que contou com as revelações Giva, Léo Cittadini, Emerson, Neilton, Pedro Castro, Leandrinho, Gustavo Henrique, Jubal e Lucas Otávio.

Mas a conquista mais importante da carreira do treinador veio um mês depois: a Copa São Paulo de Futebol Júnior. De maneira invicta, o Alvinegro Praiano derrotou o Goiás na decisão por 3 a 1, em 25 de janeiro de 2013, no Pacaembu, e trouxe de volta à Vila Belmiro uma taça que não vinha para Santos (SP) desde 1983.

Para se ter uma noção da força do grupo de Claudinei Oliveira, nove jogadores campeões da Copinha já fazem parte do elenco profissional do Peixe. Na última quarta-feira (29), três deles participaram do confronto diante do Botafogo em Volta Redonda (RJ): Gustavo Henrique, Neilton e Emerson.

Colunas

Contraponto