Campeã mundial, nadadora chinesa é suspensa por doping

A nadadora chinesa Li Zhesi, ex-recordista mundial, foi suspensa por dois anos após testar positivo para EPO, em exame antidoping.

Comentar
Compartilhar
29 JAN 201315h16

A Federação Internacional de Natação (Fina) anunciou nesta terça-feira (29) que a chinesa Li Zhesi, ex-recordista mundial, foi suspensa por dois anos após testar positivo para EPO em um exame antidoping. A entidade explicou que o treinador da nadadora, que não foi identificado, acabou sedo punido pela Federação Chinesa de Natação pelo envolvimento no caso, também por dois anos.

Li Zhesi deu positivo em exame antidoping realizado em março de 2012, fora do período de competição. O resultado do teste foi revelado semanas antes do começo dos Jogos de Londres, o que a deixou fora da última edição da Olimpíada.

Aos 14 anos, Li Zhesi nadou o estilo livre na equipe de revezamento 4x100 metros medley da China que bateu o recorde mundial e venceu a prova no Mundial de Esportes Aquáticos de 2009, em Roma. Essa marca foi quebrada pelos Estados Unidos nos Jogos de Londres.

A chinesa também faturou a medalha de prata na mesma prova no Mundial de 2011, disputado em Xangai, além de ter conquistado o ouro nos 50 metros livre dos Jogos Asiáticos de 2010, realizados em Guangzou.

Li Zhesi foi suspensa por dois anos por exame antidoping realizado em março de 2012 (Foto: Divulgação)