X
Esportes

Blindado por empresários, Vitor Hugo vê Palmeiras “monstruoso”

Vitor Hugo se destacou nos títulos da Copa do Brasil 2015 e do Campeonato Brasileiro 2016 – no total, acumula 117 partidas e 13 gols com a camisa do Palmeiras

O zagueiro Vitor Hugo já recebeu propostas do exterior para deixar o Palmeiras / Fernando Dantas/Gazeta Press

O zagueiro Vitor Hugo, contratado pelo Palmeiras em 2015, já recebeu algumas propostas para deixar o Palmeiras. Convocado para defender a Seleção Brasileira pela primeira vez na carreira, o defensor se disse blindado contra ofertas do exterior e projetou o time alviverde ainda mais forte em 2017.

Vitor Hugo se destacou nos títulos da Copa do Brasil 2015 e do Campeonato Brasileiro 2016 – no total, acumula 117 partidas e 13 gols com a camisa do Palmeiras. Clubes como Juventus, Fiorentina e Galatasaray já se interessaram pelo zagueiro palestrino.

“Tiro o chapéu para os meus empresários. Eles me blindaram de todas as propostas e disseram para focar no Palmeiras. Cheguei em 2015 como um desconhecido, ganhei a posição desde o começo e conquistei títulos. As propostas são naturais. Renovei meu contrato até 2021 e quero fazer mais história no Verdão”, afirmou Vitor Hugo.

Para a temporada de 2017, além de manter a base, o Palmeiras contratou oito reforços, entre eles o meia venezuelano Alejandro Guerra e o volante Felipe Melo, além de Michel Bastos. O elenco, a ser dirigido por Eduardo Baptista, deixou Vitor Hugo animado.

“O Palmeiras está monstruoso. No ano passado, ganhamos o esperado título brasileiro e o time se fortaleceu ainda mais. Vai chegar firme na Libertadores e nos outros campeonatos. Se Deus quiser, vai dar tudo certo e vamos conseguir nossos objetivos”, afirmou.

Chamado por Tite para defender a Seleção Brasileira no amistoso contra a Colômbia, marcado para o dia 25 de janeiro, Vitor Hugo terá a companhia de Dudu. O atacante, dono da tarja de capitão na última temporada, também está otimista, mas procura conter a euforia.

“O Palmeiras vem grande, com jogadores de Seleção Brasileira”, avisou Dudu, cauteloso. “Temos o parâmetro do ano passado. Entramos como favoritos na Libertadores e caímos na primeira fase. Não pode deixar subir à cabeça”, alertou o atacante.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Emprego

PAT de São Vicente oferece nove oportunidades de emprego

Postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, na região Insular e na Área Continental

Saúde

Ainda não é possível confirmar que reforço vacinal neutraliza ômicron, diz OMS

Segundo a entidade, existe a expectativa de ter melhores evidências sobre a eficácia do reforço vacinal nas próximas semanas com o desenvolvimento de novas pesquisas

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software