Barcelona se classifica na Copa do Rei, mas Neymar sai lesionado

Aos 19 minutos de jogo, o atacante brasileiro arrancou para a linha de fundo e tentou cruzar, mas acabou torcendo o tornozelo direito

Comentar
Compartilhar
16 JAN 201422h59

Depois de vencer por 4 a 0 na partida de ida, no estádio Camp Nou, o Barcelona entrou em campo nesta quinta-feira para cumprir tabela diante do Getafe, fora de casa, com a vaga às quartas de final da Copa do Rei praticamente garantida. A equipe fez mais que o necessário, venceu por 2 a 0, com dois gols de Messi, mas deixou o campo preocupada. Isso porque Neymar saiu contundido ainda no primeiro tempo e preocupa para as próximas partidas.

Aos 19 minutos de jogo, o atacante brasileiro arrancou para a linha de fundo e tentou cruzar, mas acabou torcendo o tornozelo direito. Ele precisou sair carregado de campo, sem sequer conseguir encostar o pé no chão. O Barcelona rapidamente informou que tratou-se de uma torção no tendão peroneal e que o jogador passará por exames nesta sexta para saber a gravidade do problema.

Mesmo sem Neymar, o time catalão garantiu a vitória sem maiores dificuldades, diante de um adversário já combalido pelo resultado do primeiro jogo. Nas quartas de final, o Barcelona terá pela frente o Levante, em jogos que acontecerão nos dias 22 e 29 deste mês. Se avançar, enfrentará o vencedor do confronto entre Real Sociedad e Racing Santander.

O brasileiro Neymar, do Barcelona, deixa o campo após se machucar na partida contra o Getafe (Foto: Associated Press)

Nesta quinta, o Barcelona dominou no início e só diminuiu o ritmo após a lesão de Neymar. Mesmo assim, conseguiu abrir o placar ainda na etapa inicial. Aos 43 minutos, Fàbregas encontrou Tello pela esquerda, o atacante cruzou e Messi chegou para desviar para as redes.

Na etapa final, os visitantes passaram a administrar a partida, sem necessidade de ir em busca do segundo gol. Mas ele veio em um lance de genialidade de Messi. O argentino recebeu pelo meio, arrancou deixando dois marcadores para trás, passou pelo goleiro Codina e tocou para marcar um golaço.