Atual vencedor, Neymar é indicado novamente ao Prêmio Puskas da Fifa

Gol contra o Inter dá a chance de Neymar conquistar o bicampeonato

Comentar
Compartilhar
14 NOV 201212h42

Atual vencedor do Prêmio Puskas da Fifa, que elege o gol mais bonito do ano, o atacante Neymar foi indicado pela terceira vez consecutiva ao troféu. A Joia do Santos concorre nesta temporada pelo gol marcado diante do Internacional-RS, na vitória por 3 a 1 de sua equipe, no dia 7 de março, na Vila Belmiro, em partida válida pela fase de grupos da última Copa Libertadores da América.

O camisa 11 do Peixe fez os três gols do triunfo santista, mas o segundo tento, no qual faz fila entre os marcadores adversários, antes de concluir para o gol, foi o escolhido para essa disputa. Neymar é o único brasileiro na lista.
 
Além de Neymar, nomes de peso do futebol mundial como o argentino Lionel Messi e o centroavante colombiano Falcao Garcia concorrem ao prêmio. Messi, aliás, a exemplo do craque santista, está pela terceira vez concorrendo a esse prêmio. O camisa 10 do Barcelona (Espanha) e Neymar são os recordistas de indicações.
 
O Prêmio Puskas foi criado em 2009, portanto, essa será a sua quarta edição. Além de Neymar, que venceu em 2011 pelo gol marcado na derrota alvinegra para o Flamengo, por 5 a 4, na Vila, pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, o português Cristiano Ronaldo (2009) e o turco Hamit Altintop (2010) são os outros vencedores do prêmio.
 
O vencedor de 2012 será anunciado apenas no próximo ano, durante festa organizada pela Fifa, no dia 7 de janeiro, em Zurique, onde também será revelado o melhor jogador do ano.
 
É possível votar no gol mais bonito, e assistir aos gols dos outros indicados ao prêmio através do site
 
Neymar irá concorrer contra Messi e Falcão Garcia na edição deste ano do Prêmio Pukas (Foto: Ivan Sorti)
 
Confira todos os indicados ao Prêmio Puskas da Fifa:
 
Emmanuel Agyemang-Badu (Gana) contra Guiné
Eric Hassli (Vancouver) contra Toronto
Gaston Maella (Nacional Potosí) contra o The Strongest
Hatem ben Arfa (Newcastle) contra o Bolton
Lionel Messi (Argentina) contra o Brasil
Miroslav Stoch (Fenerbahçe) contra o Genclerbirligi
Moussa Sow (Fenerbahçe) contra o Galatasaray
Neymar (Santos) contra o Internacional-RS
Olivia Jimenez (México) contra a Suíça
Falcao Garcia (Atlético de Madrid) contra o América de Cali

Colunas

Contraponto