Após 58 dias, Messi volta a ser relacionado e pode enfrentar Getafe

Nesta temporada, o atacante do Barça balançou as redes 16 vezes, oito delas no Campeonato Espanhol. A contusão, porém, pode ter dado fim às esperanças do argentino de se tornar artilheiro

Comentar
Compartilhar
07 JAN 201412h58

Já são quase dois meses fora dos gramados, mas Lionel Messi enfim pode voltar a defender a camisa do Barcelona nesta quarta-feira. Após sofrer lesão na coxa esquerda, há 58 dias, o argentino foi relacionado para a partida contra o Getafe, válida pela Copa do Rei.

O melhor jogador do mundo nos últimos quatro anos se contundiu no último dia 10 de novembro, na partida contra o Bétis, tendo contundido o bíceps femoral da perna esquerda, diagnosticado no dia seguinte à partida.

O prazo de recuperação previsto, que era de seis a oito semanas, deve ser cumprido. Depois de passar um mês em Buenos Aires, capital de seu país natal, sob orientação dos médicos da seleção argentina e do Barcelona, Messi voltou à Espanha no começo deste mês para recomeçar os treinos do último dia 2.

Nesta temporada, o atacante do Barça balançou as redes 16 vezes, oito delas no Campeonato Espanhol. A contusão, porém, pode ter dado fim às esperanças do argentino de se tornar artilheiro do torneio pela terceira vez seguida. O maior goleador do Espanhol atualmente é Cristiano Ronaldo, com 20 gols.

Messi pode voltar a atuar a partir das 19 horas desta quarta-feira, quando o Barcelona recebe o Getafe no Camp Nou pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Rei.

Argentino terá a metade final do Campeonato Espanhol para alcançar português Cristiano Ronaldo na artilharia (Foto: Associated Press)