Antes da Libertadores, São Paulo briga por liderança com Linense

Embalado por três vitórias seguidas no Paulistão, o time almeja novo triunfo, para poder voltar a se dedicar tranquilo ao torneio continental

Comentar
Compartilhar
23 FEV 201311h51

O vencedor da partida entre São Paulo e Linense será o novo líder do Campeonato Paulista, pelo menos até que a Ponte Preta entre em campo 24 horas depois. O confronto do Tricolor contra a equipe de Lins está agendado para este sábado, às 18h30 (de Brasília), no estádio do Morumbi.

As duas equipes possuem 16 pontos no Estadual, dois a menos que a líder Ponte. O São Paulo ainda tem uma partida a menos na competição e está perto de cumprir sua meta estipulada antes da Libertadores. Embalado por três vitórias seguidas no Paulistão, o time almeja novo triunfo, para poder voltar a se dedicar tranquilo ao torneio continental, que tem jogo na quinta-feira.

Por isso, o técnico Ney Franco escala praticamente time completo, poupando apenas o volante Denilson, que sentiu o desgaste físico. Portanto, a volta de Wellington é a única novidade em relação à rodada passada. O meia Paulo Henrique Ganso está confirmado para o confronto, garantindo não ter mais qualquer limitação física para exibir um bom futebol.

“Estou preparado fisicamente e tecnicamente. Agora, só com os jogos vou poder mostrar qualidade, mas o torcedor pode me cobrar sempre”, afirmou o atleta, que emplaca sua segunda partida consecutiva como titular.

O time de Rogério Ceni tem a chance de alcançar a liderança provisória na partida deste sábado (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)

Apesar da expectativa de assumir a liderança, ninguém no São Paulo menospreza o Linense, ainda invicto neste Paulistão. “O time deles vêm surpreendendo, fazendo uma boa competição, com jogadores de qualidade. Vamos ter atenção, mas não deixar de jogar e de impor nosso ritmo”, afirmou o zagueiro Rafael Toloi.

A expectativa do time do interior é de surpreender o São Paulo no Morumbi. Na busca pela ponta, o goleiro Leandro Santos ignora qualquer possibilidade de se contentar apenas com um empate e reforça o objetivo de somar três pontos na capital paulista.

“O grupo está fechado e unido. Nós respeitamos o adversário, mas buscaremos o resultado positivo”, avisou o atleta. O técnico Bruno Quadros não poderá contar com o zagueiro Álvaro, que sofreu um problema no joelho e está entregue ao departamento médico. Assim, Fábio Lima ganha uma chance entre os titulares.

O confronto marcará também o reencontro do São Paulo com o meio-campista Lenilson, que foi campeão brasileiro pelo Tricolor em 2006 e é hoje um dos destaques do Elefante da Noroeste.